30% dos estudantes da UEM são mulheres

 30% dos estudantes da UEM são mulheres

Apenas 30 por cento dos estudantes da Universidade Eduardo Mondlane são mulheres. Os cursos de engenharia são os que apresentam os níveis mais baixos. Para melhorar esse índice, o reitor da UEM, Orlando Quilambo diz que é preciso reforçar os programas que incentivam a adesão das mulheres ao Ensino Superior.

Os dados foram partilhados durante uma palestra orientada pela rainha belga Matilde D´Udekem, que esteve de visita ao país. O reitor da Universidade Eduardo Mondlane reconhece que a presença das mulheres na universidade que dirige ainda é muito baixa, principalmente na área das ciências exactas.

Entretanto, a UEM tem programas que incentivam a adesão das mulheres ao Ensino Superior. Um deles é o “Mulher é ciência”.
A UEM tem um Centro de Coordenação de Assuntos de Género no qual faz-se investigações que dão recomendações sobre como gerir as questões ligadas ao género na instituição.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique