Afluência às urnas marca votação em Quelimane

Muitos eleitores afluíram neste dia 15 às urnas um pouco pelas 3.219 mesas de votos espelhadas na província da Zambézia. Em Quelimane a quem madrugou para cedo votar e retornar a sua vida normal.

Logo pela manhã de hoje, dia em que o país parou para observar as sextas eleições gerais e terceiras províncias, foi notória a afluência de eleitores em várias assembleias de voto instaladas na cidade de Quelimane, capital do segundo maior círculo eleitoral do país, Zambézia.  

O cabeça de lista da Frelimo a cargo de governador da Zambézia Pio Matos votou na Escola Industrial e Comercial 1º de Maio, enquanto Manuel de Araújo, da Renamo, exerceu o seu direito cívico na Escola Primária Completa de Coalane. Luís Boavida, do MDM, votou na Escola Primária Completa de Janeiro.

Na ronda efectuada pela reportagem do “O País”, os eleitores mostravam a sua satisfação por terem exercido o direito e dever cívico.

Numa das assembleias de voto da Escola Industrial e Comercial 1° de Maio, a Polícia teve que repor a ordem depois de um grupo de jovens ter cometido alguma desordem na fila. Mas nada grave.

Já no período da tarde, em várias assembleias de voto era notória a fraca afluência de eleitores.

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique