Cidadão mata própria mãe e mais dois vizinhos em Govuro

 Cidadão mata própria mãe e mais dois vizinhos em Govuro

Na noite de 15 de Janeiro um indivíduo pediu 200 meticais à sua mãe para comprar bebidas alcoólicas e beber com amigos. De regresso a casa, o indiciado invadiu o quarto da mãe com um machado na mão e deu início a sequência de três assassinatos.

“A nossa mãe dava de comer à ele, e dava dinheiro pra comprar coisas dele. Naquele dia ele saiu daqui, foi beber e voltou pra casa com machado, matou as minha mãe e depois veio atrás de mim pra me matar também, eu fugi” disse o irmão do homicida.

Naquela fatídica noite um homem viu a esposa, morrer brutalmente assassinada. A vítima regressou para sua casa, e cruzou-se com o homicida no caminho da morte.
No ano passado o indiciado agrediu fisicamente a mãe e na ocasião prometeu que iria acabar com a sua vida. Meses depois, o filho cumpriu a promessa alegadamente porque a mãe era feiticeira.

Depois do crime consumado, o indiciado evadiu-se e foi neutralizado pelo SERNIC.

Este é o quarto caso registado em quatro meses, em que filhos tiram a vida dos progenitores acusando-os de feitiçaria.

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique