Daviz Simango reitera inclusão das populações na exploração de recursos

 Daviz Simango reitera inclusão das populações na exploração de recursos

O candidato presidencial do MDM, Daviz Simango diz que a melhor forma de combater o conflito armado em Cabo Delgado passa por estudar o problema, entender as motivações e criar evitar a repreensão com uso da forca porque gera mais violência. Daviz Simango voltou a repisar na inclusão da população na exploração de recursos naturais.

Por onde passava encontrava gente a manifestar simpatia pelo Movimento Democrático de Moçambique e como disse ontem, é preciso espalhar sorrisos, carinho e até mesmo abraços.

Mas a grande aposta do dia tinha uma direcção…o distrito de Montepuez. Na vila sede, Daviz Simango andou de carro e caminhou, enquanto conquistava os jovens vendedores.
Em plena sexta-feira 13 o sal até podia servir para estancar as bruxas, só que o seu aspecto não parecia muito simpático. Mas porque estava próximo de comerciantes, Daviz falou de empreendedorismo juvenil, num distrito rico em rubis, pedras preciosas e semi-preciosas, ouro e madeira.

A jornada do candidato presidencial do MDM ainda não estava completa…o caminho ainda lhe reservava alguns quilómetros pela frente.

Preocupações que deram corpo ao discurso de campanha, por vezes interrompido com aplausos. Mas não se pode falar de Cabo Delgado sem mencionar a violência armada que se vive há quase dois anos nalguns distritos.


 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique