Insuficiência de salas de aulas condiciona o funcionamento da UniLicungo 

 Insuficiência de salas de aulas condiciona o funcionamento da UniLicungo 

Com a passagem do ciclone tropical Idai na província de Sofala, parte das infra-estruturas  da Universidade UniLicungo, na cidade da Beira, ficaram destruídas. 

São cerca de 20 salas de aulas danificadas, quase metade de toda a instituição.  A reabilitação das mesmas  está avaliada  em cerca de 75 milhões de meticais (setenta e cinco milhões de meticais).  

De acordo com o Reitor da UniLicungo, Boaventura Aleixo, ainda não existe o valor, mas há esforços para tal.

Refira-se que com a danificação das salas de aulas, a instituição  funciona de forma condicionada e viu-se obrigada   a concentrar os  estudantes nas únicas  salas ainda em condições.

Com este problema, a universidade foi forçada a refazer o seu plano de formação e horários,  neste semestre, para garantir  continuação das aulas. 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique