Agora é a vez de brilhar na Espanha

Agora é a vez de brilhar na Espanha

A internacional basquetebolista moçambicana, Leia Dongue, assinou um contrato válido por uma temporada com o Gernika Bizkaia da Espanha. A equipa milita na 1ª divisão espanhola de basquetebol feminino.                         

Depois de, nos últimos cinco anos ter representado o Primeiro de Agosto de Angola, clube que ajudou a conquistar duas taças dos campeões africanos de basquetebol em 2015 e 2017, Leia Dongue vai evoluir numa das mais atractivas ligas de basquetebol do mundo. A poste de 26 anos espera, à semelhança do que aconteceu em 2016, quando passou pelo Al-Qazeres Extremadura da segunda liga espanhola de basquetebol, mostrar o seu potencial.

“Todos nós na vida gostamos de evoluir, e eu acho que em África já ganhei tudo que tinha para ganhar com o apoio de todos e gostava de ter novos horizontes para a minha carreira, por isso decidi com a minha agência intercionalizar mais”, disse.

Para Nasir Salé, seleccionador nacional e um dos responsáveis pela ascensão da valorosa atleta, a mesma vai se impor na Espanha.

“Nós sabemos a grande diferença que existe entre o basquete africano e o europeu, mas pelo potencial que a Leia Dongue tem, pela marca deixada por ela em África, eu acredito que não haverá portas a fecharem-se para o nível que ela apresenta”, referiu.

Já Ana Flávia Azinheira, vice-ministra da Juventude e Desportos e ex-colega de Tanucha, espera que a atleta continue a mostrar o seu valor.

“É o maior sonho de qualquer atleta, pelo que considero que ela também está feliz e a nós, como moçambicanos, orgulha-nos bastante vê-la a evoluir”, disse Azinheira.

No  ano passado,  Leia Dongue fez parte do cinco ideal da Taça dos Clubes Campeões Africanos de basquetebol, prova que teve lugar em Angola.

Tudo começou em 2008….

Em 2008, com apenas 17 anos, Nasir Salé meteu-lhe na equipa do Desportivo de Maputo já campeã africana, sacrificando outras jogadoras de anteriores empreitadas, e lá “Tanucha” conquistou o seu primeiro título continental.

No ano seguinte, o mesmo Nasir Salé “ofereceu-lhe” a honra de pela primeira vez jogar um Afrobasket, do escalão sénior, em Madagáscar.

Daí em diante, Leia “Tanucha” Dongue não parou de dar show na quadra.

No Mundial de 2014, na Turquia, representando mais uma vez a camisola moçambicana, brilhou com as cores da bandeira e foi a melhor poste da primeira fase e a quarta melhor jogadora da classificação geral.

Em 2015, a moçambicana ao serviço do 1º de Agosto, Leia Dongue, foi considerada a jogadora mais valiosa (MVP) da 21ª edição da Taça dos Clubes Campeões Africanos em basquetebol femininos.

Com 28 pontos, 18 ressaltos, três assistências e quatro desarmes de bola “Tanucha” ajudou a equipa a conquistar o troféu.

Assim, a extremo-poste conquistou o título de mais valiosa jogadora da taça africana pela segunda vez consecutiva, depois da nomeação em 2014, na Tunísia.

Já em 2016, aproveitando a época de defeso do basquetebol angolano, a extremo-poste, rumou para Espanha, onde assinou por três meses com a equipa, Al-Qazeres Extremadura, da segunda liga Espanhola.

Leia “Tanucha” Dongue no cinco ideal de Clubes Africanos de 2017

A basquetebolista moçambicana Leia “Tanucha” Dongue teve excelentes prestações na edição 2017 da Taça dos Clubes Campeões Africanos de basquetebol em seniores femininos. Fruto dessas actuações, foi indicada para o cinco ideal da competição.

A poste do Ferroviário de Maputo, Gisela Vega, foi igualmente indicada para o cinco ideal deste campeonato africano de clubes.

E, porque fazem parte da terra do basquetebol, três americanas foram igualmente integradas no cinco ideal. Trata-se de Alicia Devaughn (1º de Agosto), Dominique Wilson (First Bank) e Italee Lucas, esta última com actuações pouco convincentes.

Excelente jogadora, tendo contribuído com 17 pontos e três ressaltos na final, Alicia Devaughn foi considerada MVP.

Italee Lucas foi considerada melhor triplista da competição, enquanto a sua compatriota Dominique Wilson foi considerada melhor marcadora.

Gernika Bizkaia

Localizado na cidade de Bilbau, o Gernika Bizkaia foi fundado em 1996 e ascendeu a Liga Feminina Baloncesto em 2014.

Nas primeiras duas épocas na primeira liga (2014/15 e 2015/16) terminou a regular em 6? lugar.

Na época passada (2016/17), terminou a fase regular em 3? lugar, tendo ganho, por isso, o acesso aos quartos-de-final da prova.

No entanto, o Gernika acabou eliminado pelo Lacturale Arask.

Na presente temporada, com 14 jornadas disputas, o Gernika Bizkaia ocupa a 5ª posição do campeonato, posição que dá acesso aos play-off.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique