Aprovada proposta de alteração de nome de escolas em Maputo

Aprovada proposta de alteração de nome de escolas em Maputo

A alteração abrange as Unidades 13 e 10, no bairro de Chamanculo; Unidades 18 e 19, no Aeroporto, e Unidade 31, localizada no bairro de Hulene. No mesmo contexto, o estabelecimento de ensino que está a ser construído no bairro Inguane, na Ilha de Inhaca, distrito municipal Kanyaka, vai levar o nome de Samora Machel. Segundo a Agência de Informação de Moçambique, AIM, a indicação dos novos nomes resulta da aprovação semana passada, pela Assembleia Municipal de Maputo, de uma proposta de alteração de nomes dos estabelecimentos de ensino.

Deste modo, a Unidade 13 passa a designar-se Amaral Matos, em homenagem a um dos fundadores da Associação dos Combatentes da Luta de Libertação Nacional (ACLLN); a EPC Unidade 10 leva o nome de Zihlahla; Tlavana será o novo nome da Unidade 19; a Unidade 18 o nome do artista plástico moçambicano Malangatana Ngwenya.

A Unidade 31 passará a ter o nome de Chama da Unidade, símbolo que representa valores que enaltecem o percurso histórico desde a luta de resistência até à construção da unidade e identidade moçambicana, pelo Presidente Samora Machel, aquando dos festejos da independência em 1975.

Segundo o vereador de Planeamento Urbano e Ambiente no município de Maputo, Luís Nhaca, os novos nomes foram escolhidos depois da auscultação popular e de um trabalho que a edilidade tem vindo a fazer para mudar os nomes dos estabelecimentos de ensino denominados “Unidade”.

De acordo com a fundamentação, a toponímia tem um papel importante ao permitir a flexibilidade da operação dos serviços urbanos de base, bem como a orientação dos munícipes e do público, no geral.


 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique