Associação de juízes repudia atentado ao Presidente do tribunal distrital de Cuamba

Associação de juízes repudia atentado ao Presidente do tribunal distrital de Cuamba

Atentado contra Juiz de Cumba em Niassa deixa magistrados Judiciários apreensivos. O Presidente da Associação moçambicana dos Juízes, Carlos Mondlane, considera ser urgente aprovação de um instrumento que protege a classe.

A invasão à residência do juiz Presidente do Tribunal distrital de Cuamba, em Niassa, onde quatro homens armados dispararam 28 balas sem entretanto causar vítimas, está provocar revolta e indignação a classe dos Juízes.

De acordo com o Presidente da Associação moçambicana dos Juízes, desconhece-se até aqui as razões que motivaram este atentado.
Este acontecimento vem reforçar a luta dos juízes pela aprovação de um instrumento que protege a classe dos magistrados judiciários e do Ministério público.

Os juízes estão neste momento a prestar apoio à vitima e sua família.

 


 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique