Atendimento infantil melhora na região Centro do país

Atendimento infantil melhora na região Centro do país

Melhorou substancialmente o atendimento infantil no Hospital Central da Beira (HCB),  nos últimos dois meses, desde que entrou em funcionamento  o departamento de pediatria, localizado dentro do recinto do hospital. O  departamento está dotado de equipamento moderno para atender diferentes tipos de enfermidade que apoquentam as crianças, pondo assim ponto final à mortes  evitáveis em recém-nascidos e em crianças menores de 5 anos. Exemplos concretos são  as seringas eléctricas e os aparelho de conta-gotas.

O departamento de  pediatria está preparado para dar respostas, de forma moderna  à múltiplas doenças com destaque as gerais e respiratórias e está dotado de um laboratório para análises clínicas, um serviço de raio X. O mesmo tem ainda uma urgência de pediatria e uma enfermaria de berçário.

De acordo com Nelson Mucopo, director do Hospital Central da Beira, o novo departamento de pediatria  está a contribuir para a melhoria de saúde infantil na Beira, tendo em conta os equipamentos médicos de ponta de que dispõe e de profissionais especializados.

“Temos muitos equipamentos neste departamento, que facilitam os trabalhos dos nossos profissionais. Com as seringas eléctricas, por exemplo, o pessoal de enfermagem não precisa de estar sempre a picar as crianças para poder administrar certos medicamentos. Elas, (as seringas), já administram de forma automática os medicamentos. É verdade que a enfermeira ou enfermeiro deve estar por perto para controlar, mas está claro que diminui o trabalho dos profissionais, que podem estar a fazer outros trabalhos e ou a atender outros pacientes”

Para além das seringas eléctricas, existem também os aparelhos denominados conta-gotas. “Com este aparelho colocamos ponto final no despejo de soro de um litro, para deixarmos no recipiente apenas alguns mililitros para administrar em crianças pequenas. Já não há nenhum risco de administrarmos  quantidades superiores de soro em crianças  ou de perdermos soro. É um grande ganho”.  

O departamento de pediatria tem uma capacidade instalada para 150, contra anteriores 100 do antigo  bloco.

“É sempre difícil trabalhar com camas superlotadas, pois elas estão muito juntas e com muitos pacientes. Chegamos a ter numa única cama duas a três crianças com os respectivos acompanhantes, ou seja estamos a falar uma cama hospitalar para seis pessoas, facto que dificultava a assistência médica. No departamento, cada criança internada  está na sua cama, e há muito espaço que facilita a movimentação dos profissionais e o atendimento médico das crianças internadas”.       

Ana João, uma das utentes do departamento de pediatria, explicou à nossa reportagem que o nível de atendimento as crianças melhorou bastante. “Afinal os nossos enfermeiros e médicos são verdadeiros profissionais. Atendem os nossos filhos de forma humanizada. Concluímos que o aparente mau atendimento no anterior bloco de pediatria estava relacionada com a deficiente condição de trabalho e não por falta de brio profissional”.

Mariana Menezes, outra utente do departamento, referiu que assistiu com satisfação a rápida melhoria de saúde de várias crianças que deram entrada no hospital em referência em estado crítico. “A entrega e dedicação por parte dos enfermeiros foram fundamentais para os nossos filhos recuperaram a saúde em tempo recorde. Aliás, as condições de internamento estão a contribuir para tal. Apenas o ar condicionado, perante o intenso calor que se faz sentir, já é um alívio para a saúde”.    

Em média o departamento de pediatria do HCB atende 150 crianças por dia, que se fazem ao hospital por diversas doenças. A infra-estrutura foi projectada para, igualmente, funcionar como centro de referência com alta tecnologia para as províncias de Manica, Tete e Zambézia prevendo-se que beneficie cerca de 9 milhões de habitantes e sirva para formação de especialistas moçambicanos em Pediatria.

Importa referir que o sector de saúde acaba de formar seis  especialistas para lidarem com a saúde das crianças e mulheres e que os mesmos serão colocados na cidade da Beira, no departamento de pediatria,  para reforçarem os recursos humanos existentes no bloco em referência.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique