Autor

  • Celso Muianga

    Celso Muianga

    Editor de livros

  • Opinião

    Galinha come no chão! 

    Mister Baba, ao centro dava instruções rodeado por jogadores, de rostos suados depois do aquecimento. Há medida que ia falando, o míster dividia os pupilos em grupos, criando sete equipas. Para além destes havia o grupo de guarda-redes: Euclides, Mitó, Avelino e Elias.

    09 de Novembro 2018 17h06
  • Opinião

    O TELEMÓVEL

    Ligou o aparelho. Depois das sinaléticas da marca e cumpridas a ligações dos dados. A avalanche de quase de 30 mensagens veio logo a seguir para sufocar as emoções do moço, sem apelo, nem agravo, como fazem os ladrões a pessoas indefesas.

    14 de Outubro 2018 13h25
  • Opinião

    O pescador

    A poeira evoluía como tufão sobre o chão da avenida. Uma cortina de areia vibrava no ar cortejada por papéis, fiapos de plásticos num movimento descontrolado.

    23 de Setembro de 2018 14h24
  • Opinião

    Carta de Joaquina Desdentada

    És uma pessoa muito tímida para enfrentares o espanto que sou, sei bem disso. E como não atendes aos meus bipes, arrisquei e aqui me tens neste papel.

    29 de Agosto de 2018 18h53
  • Opinião

    A casa embriagada

    Naquela manhã o sol era ainda um passarinho tímido. O frio acariciava com vigor o rosto de quem o enfrentava as primeiras horas do dia.

    15 de Agosto 18h29
  • Opinião

    A start-up de Arão Matenje

    Arão Cipriano Matenje decidiu criar a sua própria empresa como quem está a vingar-se do desemprego três dias depois do patrão entregar-lhe a chave da rua.

    30 de Julho 16h31
  • Opinião

    Fernando Manuel, «O HOMEM SUGERIDO»

    Bem vistas as coisas aquele foi o primeiro convite que recebi dos chamados jornais independentes da praça. O que me impressionou foi a saudação trocada com a voz doutro lado da linha:

    12 de Julho 08h39
  • Opinião

    Da Filha de Deus ao escritor Hélder Faife

    A rádio-boca inaugura hoje a rubrica Histórias Criativas. A primeira participante é Suaila, filha do casal Ginabay de Inhambane. Pretendemos promover a leitura de obras de autores moçambicanos.

    11 de Junho 20h54
  • Opinião

    Um Farol Dakêles

    Quando a luz da viatura deflagrou sobre os meus olhos ao contornar a esquina do Moiane, a noite ainda era uma criança.

    03 de Junho 15h45
  • Opinião

    Makilomba, o Mwakilompa*

    Abrimos alas para os homens de fato preto e de semblantes carregados. Uma canção descia dos céus enquanto um grupo de seis homens de braços firmes e unidos movem-se num olhar ausente entre a multidão, arrastando-se solenemente.

    27 de Maio 14h35
  • Opinião

    Barcolino, o inquerível!

    Interrompemos o show de Gatafox na casa Mapiko para apresentar uma notícia que promete fazer correr muita tinta. Convidamos o repórter volante, que está na sede do comando-geral da polícia a nos brindar com as últimas sobre este caso.

    20 de Maio 20h12
  • Opinião

    O museu

    A tardia ardia a sua sina de verão. A rua José Mateus conduz-me para um imenso desfiladeiro de gente ocupadíssima. Algumas viaturas passando a um ritmo morno, rebentando ruidosas músicas destes tempos.

    14 de Maio 00h51




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique