Autor

  • Manuel Mutimucuio

    Manuel Mutimucuio

    Escritor

  • Opinião

    Mapombwe (5)

    Caminharam sem trocar palavras durante quase meia hora. Viram um porco-espinho, uma geneta e uma coruja enorme, no que pareceu um autêntico festival de animais noctívagos. Sócrates, perspicaz, pensou ter encontrado uma oportunidade para quebrar o gelo.

    06 de Outubro 2020 15h16
  • Opinião

    Mapombwe (4)

    A decisão fora profética, pois no instante a seguir ouviu um ruido justamente a movimentar-se em sua direcção. Só não houve queima de pólvora, porque no lapso de tempo para devolver o dedo ao gatilho, a mata revelou-lhe o colega de missão.

    29 de Setembro 2020 13h26
  • Opinião

    Mapombwe (3)

    Com a devida ressalva para os ressentimentos criados, caminhar sozinho era bem mais aprazível e, diga-se de passagem, seguro. Sócrates alcançou rapidamente uma posição que lhe permitia uma vista panorâmica da pequena barragem.

    22 de Setembro 2020 13h34
  • Opinião

    Mapombwe (2)

    Sócrates anuiu com um gesto lento da cabeça e viu abertura para abordar uma questão que já era objecto de muita zombaria entre as lides de gestão da Reserva.

    15 de Setembro 2020 16h19
  • Opinião

    Mapombwe*

    O bairro estava reservado a um projecto público de habitação, mas enquanto a iniciativa não descolava, vingavam usos de terra mais campesinos, tirando partido do solo fértil e água abundante.

    08 de Setembro 2020 17h47
  • Opinião

    Mussa (4)

    Mussa, como sempre, aproveitava o espectáculo gratuito das conversas em microfone aberto para melhor conhecer o dono da lei em Gorongosa. Confrontado, todavia, com um erotismo altamente progressivo, por boa educação ou talvez inveja, optou por desligar a sua antena figurativa...

    01 de Setembro 2020 14h24
  • Opinião

    Mussa (3)

    A carne continuava rija, mas, servindo-se do exemplo dos outros que pareciam cada vez mais próximos de si, mastigava e cuspia o bagaço no chão de areia. Não havia outra explicação lógica para o servente, incessantemente, continuar a distribuir pratos por todos os cantos da casa.

    25 de Agosto 2020 19h01
  • Opinião

    Mussa (2)

    Apeteceu-lhe esmurrar a servente, mas sentiu-se desarmado. Desconfiava que o facto de o ter tratado por “senhor” lhe tivesse descerrado os punhos, pois há muito que esta cortesia desaparecera do léxico coloquial da sua cidad

    18 de Agosto 2020 18h08
  • Opinião

    Mussa

    Recebeu o resto das instruções e, com sede de aprendiz, foi ao carro que, há pouco, lhe fora alocado. Era importante preparar o automóvel para a viagem que iniciaria no segredo da madrugada do dia seguinte.

    11 de Agosto 2020 15h02




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique