Autor

  • Miguel Luís

    Miguel Luís

  • Opinião

    Um visitar o chapa-cem no metro de Lisboa

    Reconstruo esta memória, sentado a comer amendoim torrado que me chegou de Maputo, num dos assentos do metro de Lisboa. O metro tem como destino a Baixa-Chiado, lá onde todos se juntam e tudo acontece.

    03 de Junho 2019 15h21
  • Opinião

    A volta daquele ministro…

    O homem abriu a porta. Uma esteira de ar fresco beijou aquele ambiente colonizado pelo álcool e cigarro. O casaco cinzento que oprimia a barriga do homem não a impediu de ser a primeira a atravessar a porta.

    28 de Maio 2019 17h07
  • Opinião

    E Mapswancolo que comia gato?

    O dia acordou cinzento e esquivo. Uma Chuva tímida cai sob o corpo de Lisboa, daquelas que não molha a ninguém de uma só vez, mas cai o dia todo. Há mais neblina que céu, menos chuva que nuvem.

    13 de Maio 2019 20h07
  • Opinião

    Os salamaleques de um pedinte

    A luz do Sol, vinda de um céu azul límpido, reluzia. O frio, afoito, exercia o seu domínio sobre a cidade. Era manhã de um domingo de Janeiro. No penúltimo degrau que dava acesso à varanda da igreja, sentado, um homem de cabelo branco fazia anotações num maço de papéis

    07 de Maio 2019 19h31
  • Opinião

    Testamento do mendigo

    Tudo começou com o assassinato de Maria Flor Esteves Cabral por seu marido naquele longínquo ano do início do século presente

    23 de Dezembro de 2018 10h38
  • Opinião

    Vovó Lina e "Mabulo hiku yakana"

    O programa em causa era uma novela radiofónica que se chama "Mabulo hiku yakana". Em cada episódio uma estória em changana, inspirada em temas sociais do quotidiano, se desenrolava.

    12 de Dezembro de 2018 16h16
  • Opinião

    Da visita às origens

    As imagens aparecem sem nenhuma organização, mas tudo me parece bastante familiar e harmónico. Minha mãe beija-me a face e de vez em quando faz intervalos para avaliar meu corpo

    04 de Dezembro de 2018 17h40
  • Opinião

    Salvem a minha escola: Círculo Ndlavela

    "Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades", disse Camões. Já não vejo todas as reportagens, confesso. Avançando ou recuando o vídeo, procuro as notícias que me parecem mais "quentes" e assisto os desenvolvimentos feitos pelas respectivas reportagens.

    30 de Outubro de 2018 20h22
  • Opinião

    Sob o Luar das Picoas

    Viver é um verbo que reúne todas as palavras conhecidas e desconhecidas caracterizadoras da nossa existência. Envolto na beleza desta noite de Outubro, que se entrega voluptuosa ao Outono como uma virgem apaixonada, são muitas as palavras que me ocorrem.

    09 de Outubro de 2018 22h46




Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique