Banda Mistura Fina celebra Alcione e Alexandre Pires

Banda Mistura Fina celebra Alcione e Alexandre Pires

Em forma de concerto, a banda integrada por brasileiros e moçambicanos vai homenagear,  no CCBM, dois autores da Música Popular Brasileira.

Há concerto, nesta sexta-feira, no Centro Cultural Brasil Moçambique (CCBM). Quando os ponteiros do relógio atingirem 19h, a Banda Mistura Fina vai apresentar-se com um "Tributo a Alcione e Alexandre Pires”, cantores brasileiros.

A ideia desta homenagem musical surge porque, de acordo com Beatriz Megessane, integrante da banda, durante as apresentações de Mistura Fina, os membros notaram que o público constituído por moçambicanos e brasileiros residentes no país pediam muito as músicas de Alcione e Alexandre Pires, e, portanto: “Isto nos sinalizou o grande carinho que o público em geral tem por estes cantores, daí a ideia do tributo”. Assim sendo, com o concerto, garante a brasileira, o público que for ao CCBM irá ganhar momentos de descontração, alegria, e a oportunidade de ouvir alguns dos maiores sucessos daqueles autores da Música Popular Brasileira.

O espectáculo de logo à noite será essencialmente de música, é certo, mas não só, afinal outras manifestações artísticas, como dança e interpretação, serão convocadas. De igual modo, Expedito Araújo, actor brasileiro, contará algumas curiosidades da vida de Alcione e Pires.

Além de cantar músicas dos homegeados, a Banda Mistura Fina vai interpretar temas musicais de outros cantores brasileiros bem conhecidos pelo público moçambicano, num espectáculo que vai durar perto de hora e meia, pensado para um auditório diversificado: jovens, adultos, velhos, empresários e donas de casa.

Mas por que tributar aqueles autores brasileiros em Moçambique? Beatriz Megessane responde: “É uma forma de homenagear a obra destes cantores em vida,  e também presentear ao público com os maiores sucessos dos seus ídolos”.

Fora o concerto desta noite, Mistura Fina já actuou em várias circunstâncias em Maputo, principalmente, como no Restaurante Mar na Brasa, para onde tem ido uma vez em cada dois meses, Restaurante Marítimo, Casa da Maria, CCBM, Winer lovers, Soul Gourmet, em Pretória, na Embaixada do Brasil, Escola Portuguesa e Bar e Bar.

Neste tributo duplo, a banda tem como convidado especial, além de Expedito Araújo, actualmente radicado em Maputo, o músico moçambicano Jesse Malunguissa: “A escolha dos dois se deu porque Expedito já conhecíamos de trabalhos como actor reconhecido no eixo Rio/São Paulo, e Jesse porque possui muita afinidade com a música brasileira e aqui em Moçambique tivemos algumas oportunidades de ver os dois juntos actuando neste formato de música e história em tributos que juntos realizaram a nomes como Djavan, Tim Maia  e Jorge Vercílio”.

AS MISTURAS DE UMA BANDA FINA

A Banda Mistura Fina foi fundada em Outubro de 2014, na cidade de Maputo, num evento que resultou do encontro dos músicos brasileiros: Claudinho, Josias, Sebastian e Bia. A banda também conta com dois moçambicanos: Mauro Paulo, professor de teclado, arranjador e tecladista, e Sílio Gonçalves, baterista.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique