Black Bulls na Suécia para o internacional Gothi Cup

Black Bulls na Suécia  para o internacional Gothi Cup

A equipa de formação da Associação Black Bulls vai representar Moçambique no torneio internacional Gothia Cup, que vai decorrer a partir da segunda-feira na Suécia.

A delegação da equipa moçambicana é composta por 23 elementos, entre jogadores e equipa técnica, que deixou Maputo esta quinta-feira com destino a Gutemburgo, na Suécia, onde vai tomar parte do internacional de formação, juntamente com mais 140 equipas de 75 países convidados para o torneio. Trata-se, na verdade, de um torneio com equipas dos escalões entre os sub-19 até aos sub-14, que vão se exibir durante 10 dias, naquele que é considerado o maior torneio da formação do mundo.

Esta é a primeira vez que esta formação moçambicana decidiu participar do torneio, com objectivo de dotar seus jogadores de experiência internacional, por forma que enquanto crescem possam ter mais rodagem e quando atingirem a idade sénior já terão muitos jogos internacionais nas pernas.

A oportunidade é única para os jogadores da Black Bulls, que prometem não só representar bem o país, mas também procurar abrir portas para uma possível transferência ao futebol profissional. Aliás, os próprios jogadores assumem que “é a oportunidade da vida e que vai servir para apresentar o temos feito no nosso país”. Mas, também, por ser objectivo da equipa a formação, os jogadores esperam ter oportunidades de sair e jogar em outros clubes, para melhor potenciar as selecções nacionais.

Mas há outro objectivo principal nesta participação da Black Bulls no torneio Gothia Cup, que arranca domingo, com a cerimónia de abertura. De acordo com Paulo Paiva, treinador da equipa, diz mesmo que o objectivo é “mostrar que Moçambique está a trabalhar, que há qualidade e que os olheiros podem vir cá e observar os jogadores para fazerem parte das suas equipas”, depois de credibilizar além fronteiras o futebol moçambicano.

A participação da equipa moçambicana nesta competição é uma oportunidade de fazer valer o potencial futebolístico que o país tem, mostrado ao mundo. Juneide Lalgy quer que os jogadores aproveitem para aumentar o “seu grau de ambição para que amanhã possam aspirar jogar em grandes clubes fora do país”.

A Associação Black Bulls integra o grupo 4 de sub-19, juntamente com duas equipas da Suécia e outra da Alemanha. A estreia está marcada para segunda-feira, 10H30, diante do Ytterby da Suécia, devendo realizar o segundo jogo na terça-feira, quando forem 12H00, frente ap Altona 93 da Alemanha, terminando a primeira fase na quarta-feira, frente ao Baloinge da Suécia, às 10H00, todos horários de Maputo.

Os primeiros dois classificados disputam a liga dos campeões e os dois últimos, de cada grupo, a segunda Liga. Os vencedores dos escalões ganham o direito participar próximo ano com isenção de taxas de acomodação e alimentação, num valor orçado em perto de 10 mil dólares.


 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique