Boa bola Gonçalves...

Boa bola Gonçalves...

Costa do Sol e Ferroviário da Beira defrontam-se, domingo, às 14h30, no Estádio da Machava, em jogo da final da Taça Moçambique Mcel. “Locomotivas” do Chiveve e “Canarinhos” querem salvar a época 2018.

Um é Rogério. Outro é Horácio. São portugueses e têm em comum o apelido: Gonçalves. Mais: foram “recrutados”, em momentos de crise, para salvar a “nau” a navegar em águas turvas no rio Chiveve e nas bandas da Costa do Sol.

Têm, sábado, no vale do Infulene, sobre as suas “mãos” o fechamento em glória ou não da época do Costa do Sol e Ferroviário da Beira, duas equipas que falharam “redondamente” o objectivo principal, a conquista do Moçambola-2018.

Pelo que, na reedição da final de 2005 da Taça de Moçambique Mcel, “Canarinhos” e “Locomotivas” do Chiveve sobem ao sintético do Machava para contrapor os maus resultados que desmentem o grande investimento feito pelas respectivas direcções.

Há 13 anos, ou seja, em 2005, o Ferroviário da Beira conquistou a prova - o segundo título- ao derrotar na final o Costa do Sol, por 1-0.

Foi preciso esperar oito anos para que os beirenses voltassem a erguer o troféu: 2013, ano em que derrotaram na final o astuto Chibuto por 2-0. 

Um ano depois, sob o comando de Lucas Barrarijo, o Ferroviário da Beira bateu na final o seu homônimo de Maputo por um a zero.

Clube com maior número de taças conquistadas, o Costa do Sol sobe ao relvado sintético do Estádio da Machava com os olhos postos no 13.º troféu no seu historial.

De resto, os “canarinhos” procuram conquistar a sua segunda taça consecutiva depois de, em 2017, em pleno Estádio Nacional do Zimpeto, terem vencido na final a União Desportiva do Songo por um a zero.

Em 1980, o Costa do Sol conquistava o primeiro dos doze troféus que ostenta ao derrotar na final o Palmeiras da Beira (1-0) e, três anos depois, nova conquista com vitória sobre o Textáfrica de Chimoio pelo mesmo resultado. 

Dominadores, os “Canarinhos” voltaram a conquistar a Taça de Moçambique em 1988, 1992, 1993, 1997, 1999, 2000, 2002 e 2007.

No confronto entre as duas equipas esta temporada, há registo de uma vitória do Costa do Sol sobre o Ferroviário da Beira (3-1), em jogo da 28.ª jornada do Moçambola-2018.

Do lado dos “Canarinhos”, os golos foram da autoria de Sibale, Mbulu e Chawa, enquanto Dayo fez o golo dos “Locomotivas”.

Na primeira volta, ou seja, na 13.ª jornada, o Ferroviário da Beira recebeu e venceu ao Costa do Sol por um a zero com um golo de Maninho.

Embora sejam competições diferentes, vale recordar que os “Locomotivas” e “Canarinhos” alcançaram resultados distintos no fecho do Moçambola 2018.

O Ferroviário da Beira perdeu com a Liga Desportiva de Maputo por três a zero, enquanto o Costa do Sol empatou a duas bolas com o despromovido 1º de Maio de Quelimane.­

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique