CCBM apresenta “Memórias Póstumas de Brás Cubas”

CCBM apresenta “Memórias Póstumas de Brás Cubas”

“Memórias Póstumas de Brás Cubas” é o nome da peça apresentada na quinta-feira, ao público, no Centro Cultural Brasil Moçambique (CCBM). Trata-se de uma obra adaptada do famoso romance do escritor brasileiro, Machado de Assis.

O CCBM voltou ao tempo e viu em palco a encenação de um dos mais aclamados livros da literatura brasileira: "Memórias póstumas de Brás Cubas". A interpretação, em forma de monólogo, esteve a cargo do actor Buanamade Amade. A complexidade dos personagens foi um dos desafios encontrados pelo actor, Buanamade Amade.

"A fraqueza é a primeira virtude de um defunto" diz Brás Cubas numa das passagens. Mas a encenadora, Gigliola Zacara disse que não houve fraqueza para trabalhar essa obra-prima. Foram 45 minutos de viagem pela vida e morte de Brás Cubas. Trabalhar uma obra de Machado de Assis é sempre um exercício infinito, mas não impossível, reconhece a encenadora.

Após sua morte em 1869, Brás Cubas resolve contar a história da sua vida através de uma selecção dos episódios mais relevantes. Inicia pelo seu delírio e morte, depois conta o seu nascimento e vai alternando, sem linearidade e sempre com uma alta dose de humor e uma visão pessimista.

Joaquim Maria Machado de Assis foi um renomado escritor brasileiro, autor de vasto legado que inclui romances, contos, poesias, peças de teatro, críticas, crônicas e correspondências.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique