Cerca de 3.6 bilhões de pessoas enfrentam escassez de água

Cerca de 3.6 bilhões de pessoas enfrentam escassez de água

Assinala-se, hoje, o Dia Mundial da Água. Este ano, a efeméride é celebrada sob o lema “Natureza para a água”. De acordo com o mais recente Relatório das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos, 3,6 bilhões de pessoas em todo o mundo, o que corresponde a aproximadamente metade da população mundial, vivem em áreas com potencial escassez de água durante ao menos um mês por ano. Esse número pode aumentar para mais de 5 bilhões em 2050, se medidas não forem tomadas.

“Durante o mesmo período (2050), a demanda mundial por água, estimada actualmente em torno de 4,6 mil km³. por ano, pode alcançar 5,5 mil km³. ou 6 mil km3 por ano. Com o volume de 4,6 mil km³. por ano, o actual uso mundial de água doce já está perto do limite máximo de sustentabilidade,” refere a mensagem da diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Audrey Azoulay, por ocasião da data que hoje se assinala.

A mensagem aponta como exemplo, a cidade do Cabo, na África do Sul, que se aproxima do “Dia zero” previsto para 12 de Abril próximo, data em que a cidade ficará sem água potável, pois estima-se que as reservas hídricas desta cidade irão atingir apenas 13% do seu nível normal.

O desperdício do recurso hídrico é apontado como um dos factores que contribui para a escassez do líquido. E para que o cenário não se agrave, a UNESCO defende ser urgente encontrar-se soluções para proteger o capital natural da terra. “Devem ser promovidas soluções que protejam, administrem e restaurem os ecossistemas naturais e artificiais, e que respondam aos desafios humanos e ecológicos de uma forma efectiva e sustentável, melhorando o bem-estar das pessoas e preservando a biodiversidade. O planejamento de novas florestas, a reconexão de rios a planícies de inundação e a restauração de zonas húmidas são soluções que, entre outros aspectos, irão abordar os desafios contemporâneos da gestão hídrica, em especial com vistas a desenvolver uma agricultura sustentável e construir as cidades do futuro”.

A Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou 2018-2028 como a Década Internacional para Acção, “Água para o Desenvolvimento Sustentável” jornada a iniciar hoje, para terminar no Dia Mundial da Água, em 22 de Março de 2028. Neste contexto, a UNESCO diz reafirmar o seu compromisso de apoiar os governos na sua transição rumo a economias verdes e circulares, bem como em seus esforços para implementar políticas hídricas mais bem integradas, visando o alcance da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique