Cerca de três mil alunos voltam a estudar em salas condignas na Beira

Cerca de três mil alunos voltam a estudar em salas condignas na Beira

Cerca de três mil alunos da escola primária completa das palmeiras voltam a estudar desde hoje em salas condignas quatro meses depois da instituição ter sido destruída pelo ciclone Idai. A escola foi reabilitada pelo MOPHRH no âmbito da sua responsabilidade social.

No passado dia 14 de Março um ciclone violento matou várias pessoas e destruiu parte considerável das infra-estruturas da cidade da Beira. A escola primária completa das palmeiras localizada no bairro com o mesmo nome, não escapou aos ventos fortes.

Seis das 10 salas de aulas sofreram danos severos o que impediu a aprendizagem normal. Como solução a direcção da escola teve de juntar turmas.

Três meses depois, isto em Junho passado, o Ministério das Obras Públicas Habitação e Recursos Hídricos, no âmbito da sua responsabilidade social iniciou com obras de reabilitação da escola, que esteve a cargo do empreiteiro chinês Chico.

Nesta quinta-feira, três semanas após o início das obras os cerca de três mil alunos e meia centena de professores voltaram a sorrir e a razão não era para menos pois a escola fora-lhes entregue completamente reabilitada.

A entrega da escola foi orientada pelo ministro das Obras Públicas e Habitação, João Machatine, que pediu encarecidamente aos alunos, professores e encarregados de educação a contribuírem na conservação da escola.

Machatine terminou exortando a outras instituições públicas e privadas a contribuírem na reconstrução da cidade da Beira.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique