Chuva causa 33 mortes nos últimos três meses

Chuva causa 33 mortes nos últimos três meses

Pelo menos 33 pessoas morreram e outras 14 mil foram afectadas pelas chuvas que caem no país desde Outubro de 2018. Nampula, Cabo Delgado e Niassa são as províncias em alerta, face ao risco de serem afectadas por chuvas fortes até Março.

Reunido no seu primeiro Conselho Técnico de Gestão de Calamidades do ano, o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades fez o ponto de situação da primeira fase da época chuvosa 2018-2019, que iniciou em Outubro do ano passado. Vendavais, sismos, chuvas fortes, e descargas atmosféricas foram alguns dos fenómenos registados. Sendo que este último foi responsável pela morte de mais de 20 pessoas.

O impacto das chuvas estende-se à destruição de casas, salas de aulas e estradas. Como se não bastasse, de acordo com Paulo Tomás, porta-voz do INGC, as previsões meteorológicas apontam para ocorrência de chuvas fortes nos próximos meses. Por isso, neste momento está em curso o alerta laranja institucional, que permite ao INGC a rápida mobilização de recursos para assistir as vítimas.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique