Com “Coração Generoso”, venceremos a COVID-19…

Com “Coração Generoso”, venceremos a COVID-19…

Foi lançada, hoje, campanha de angariação apoios em alimentos e outros bens essenciais para famílias vulneráveis à COVID-19. Denominada Coração Generoso, a iniciativa poderá abranger 11 mil famílias em todo o país.

O nome da campanha é Coração Generoso. O seu lema é unidos e solidários venceremos a COVID-19. A iniciativa lançada, ontem, tem como coordenador o Conselho Nacional do Voluntariado e conta com parceria de outras instituições como a com a Cruz Vermelha de Moçambique, Ordem dos Contabilistas, Mr. Bow Foundation e a Earth Mozambique Holding e a ideia é angariar apoios para famílias vulneráveis ao novo coronavírus.

São, na sua maioria, pessoa que se expõem ao risco diário de contaminação pela COVID-19 à busca de sobrevivência. “Estamos a dizer que alguns que eram funcionários de limpeza num ginásio que hoje (actualmente) encerrado, estamos a falar de uma pessoa que era funcionária num bar e que não está a funcionar bem como os que trabalham como taxistas, mas que já não tem clientes”, citou alguns exemplos, Osvaldo Mauaie, presidente do Conselho Nacional do Voluntariado.

E diante desta situação grande parte das pessoas se fazem à rua para achar vias alternativas da fonte de dinheiro o que agrava a pressão das cidades, no que diz respeito à mobilidade.

“Para conseguirmos, de facto, reduzir a mobilidade das pessoas na rua é importante que essas pessoas tenham o mínimo para se alimentar me casa, olhando para aquelas pessoas saem por que não tem o que comer”, indicou Osvaldo Mauaie.

Para reduzir a vulnerabilidade destas pessoas ao novo coronavírus, foi lançada, ontem, a campanha “Coração Generoso” que, basicamente, “pretendemos alcançar mil famílias por província e estamos a falar de 11 mil a nível nacional. Em termos de quantidades que nós nos propusemos a conseguir arrecadar é de 275 toneladas”.

Mesmo antes da pandemia, os idosos, as pessoas com deficiência, crianças órfãs, famílias chefiadas por mulheres, os sem-abrigo e refugiados já constituíam um grupo vulnerável, situação que poderá se agravar com a COVID-19. Por isso, Cruz Vermelha de Moçambique se juntou à iniciativa para evitar um cenário pior.

“É com grande satisfação que respondemos a este chamamento do Conselho Nacional do Voluntariado para participar da campanha Coração Generoso, que visa angariação, de alimentos, sabão, máscaras, álcool em gel para as famílias vulneráveis e, economicamente, afectadas pela COVID-19”, disse, Maria Cristina, secretária-geral da Cruz Vermelha de Moçambique.

A auditoria aos produtos angariados está sob a responsabilidade da Ordem dos Contabilistas e Auditores de Moçambique. Mostraram ter, também, coração generoso, participando desta campanha, a Mr. Bow Foundation e Earth Mozambique Holding.
 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique