Contribuição dos mega-projectos caiu 62,4%

Contribuição dos mega-projectos caiu 62,4%

A contribuição dos mega-projectos do sector da indústria extractiva em Moçambique, atingiu o montante de 14.440 milhões de meticais no ano passado, correspondente a 6,8% da receita total cobrada pelo Estado em 2018 (211.9 biliões de meticais) e a um decréscimo de 62,4%, relativamente ao registo de 2017.

A baixa performance deveu-se ao desempenho negativo dos projectos do ramo de produção de energia, exploração de petróleo e de recursos minerais, que registaram quedas de contribuição na ordem de 40,2%, 78,4% e 23,1%, respectivamente, indica a Autoridade Tributária de Moçambique (AT).

Em termos numéricos, os grandes projectos energéticos injectaram 3.4 biliões de meticais para os cofres públicos, contra 5.6 biliões de meticais da exploração mineira e 4.1 biliões de meticais dos recursos minerais.

Comportamento contrário verificou-se nos restantes grupos desse sector de actividade económica, que tiveram uma variação positiva da sua contribuição para as receitas do Estado, entre 2017 e 2018 (cresceram 27,1%).
 
COMPORTAMENTO DE PREÇOS
Os preços dos principais produtos de exportação dos mega-projectos teve um comportamento misto no período em análise, segundo a avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI), reflectida no relatório de balanço do Plano Económico e Social (PES) de 2018.

O FMI constatou uma tendência de aumento dos preços das principais commodities de exportação de Moçambique, com a excepção dos preços do gás natural e do carvão térmico.

O gás natural e carvão registaram quedas assinaláveis do preço no mercado internacional em 2018, ao se situarem em 3.2 dólares e 64.5 dólares, respectivamente, contra 5 dólares e 85.7 dólares de 2017, com impacto negativo para as receitas de exportações de países exportadores como Moçambique.

Ainda de acordo com esta instituição financeira internacional, durante o período em análise, o preço médio do petróleo bruto no mercado internacional situou-se em USD 71.5 por barril, o que representa uma subida de USD 15.8, comparativamente ao preço médio de 2017 (USD 55.7 por barril).


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique