Coronavírus mata 242 pessoas em menos de 24 horas

Coronavírus mata 242 pessoas em menos de 24 horas

A China voltou a ficar desiludida com a situação do coronavírus no país. Um dia depois de as autoridades chinesas terem anunciado a fraqueza do coronavírus através da redução de novos casos, eis que a pneumonia viral matou na quarta-feira pelo menos 242 pessoas em Hubei, contra os 97 mortos que haviam sido registados na terça-feira.

Este é o maior número de vítimas mortais registado em menos de 24 horas, desde que o novo coronavírus foi pela primeira vez detectado nos finais de Dezembro do ano passado. Em geral, mais de 1 350 pessoas já morreram na China continental, sobretudo, em Hubei, cuja capital Wuhan foi o epicentro do vírus.

Dos infectados, contam-se cerca de 60 mil vítimas, das quais 14 850 foram registadas esta quinta-feira, após aplicação dum novo método de diagnóstico que inclui scan dos pulmões. A agressividade do coronavírus é acompanhada de demissão dos líderes seniores da província chinesa de Hubei.

Para conter o novo coronavírus denominado COVID-19, cientistas de todo o mundo encontram-se reunidos em Genebra, onde o director-geral da OMS declarou o COVID-19 o inimigo público número 1 e pior que o terrorismo.

Mais de 44 casos novos foram detectados no navio do cruzeiro atracado em Japão com 3 700 pessoas a bordo, elevando o número para 219 pessoas infectadas.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique