Covid-19: Banco Central disponibiliza USD 500 milhões para a economia

Covid-19: Banco Central disponibiliza USD 500 milhões para a economia

O Banco Central anunciou, hoje, a disponibilização de uma linha de crédito de 500 milhões de dólares para o sistema financeiro precaver-se dos impactos negativos do novo Coronavírus na economia.

Depois de há uma semana ter reduzido o coeficiente de reservas obrigatórias em moeda estrangeira e nacional, com vista a permitir maior circulação de dinheiro na banca, o Banco de Moçambique voltou a reforçar as medidas de política monetária para fazer face aos impactos do Covid-19.

Em comunicado enviado esta sexta-feira a nossa redacção, o Banco Central informa que o crédito irá vigorar por um período de nove meses, a contar a partir desta segunda-feira.

O regulador autoriza: “A não constituição de provisões adicionais pelas instituições de crédito e sociedades financeiras nos casos de renegociação dos termos e condições dos empréstimos, antes do seu vencimento, para os clientes afectados pela pandemia do Covid-19, com efeitos a partir do dia 23 de Março até 31 de Dezembro de 2020”.

Ou seja, os clientes passam a dispor de melhores condições para negociar a dívida com a banca em caso de incumprimento das suas obrigações, devido ao Coronavírus.

O Banco de Moçambique sublinha que continuará a monitorar os indicadores económico-financeiros e os impactos macroeconómicos do Covid-19, e tomará as medidas correctivas adicionais sempre que for necessário.

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique