CTA sugere medidas para evitar catástrofe económica

CTA sugere medidas para evitar catástrofe económica

Agostinho Vuma abordou preocupações importantes do ponto de vista macroeconómico, numa altura de instabilidade que o país ainda experimenta, e que dificulta o melhoramento do ambiente de negócios. Vuma alerta que, se as recomendações do Fundo Monetário Internacional (FMI) não forem efectivamente tomadas, o próximo ano será catastrófico para a economia. Agostinho Vuma propõe a combinação de medidas concretas, a começar pelo alargamento da base tributária, que deve incluir a renegociação dos contratos com megaprojectos.

A CTA julga importante que se adicione valor ao gás a ser produzido no país e assegurar que se utilize 20% do gás a nível doméstico, conforme o previsto na Lei. Com todas as medidas que propõem, o empresariado julga ser possível resgatar, em curto espaço de tempo, o modesto posicionamento de Moçambique no índice de competitividade global e no “Doing Business”. A CTA também sugere medidas de austeridade mais rigorosas.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique