Detidos dois funcionários das Alfândegas na Zambézia

Detidos dois funcionários das Alfândegas na Zambézia

A detenção dos dois funcionários das alfândegas de Moçambique afectos ao posto fronteiriço de Melosa, foi feita pela Procuradoria Provincial da Zambézia, em coordenação com o gabinete de combate anti-corrupção de Nampula, depois de concluída a investigação de caso de corrupção dos funcionários afectos a delegação aduaneira de Milange. Dentre eles, está o chefe da delegação.

A data dos factos, oito do mês de Abril, os dois funcionários efectuaram cobrança de uma mercadoria no valor 700 mil meticais mas apenas declaram 105 mil. Mais, ao invés de emitir o documento único, falsificaram a documentação manuscrita e levaram para os seus bolsos perto de 600 mil meticais.

Aqueles funcionários incorrem ao crimes de abuso de cargo e função, peculato, falsificação de documentos e abuso de confiança fiscal, quatro crimes conexos relacionado com corrupção.

Os dois funcionários arriscam-se a cumprir pena que varia de dois a oito anos de cadeia.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique