Dívidas deixam às escuras Ministério da Administração Estatal e Função Pública

Dívidas deixam às escuras Ministério da Administração Estatal e Função Pública

O edifício do Ministério da Administração Estatal e Função Pública está às escuras desde a tarde de ontem. O apagão deve-se ao não pagamento de uma dívida de cerca de três biliões de meticais à Electricidade de Moçambique.

O ar condicionado, o televisor e as lâmpadas estavam desligados durante o dia, o que deixava as salas do Ministério da Administração Estatal e Função Pública às escuras. No corredor do rés do chão estavam trabalhadores que se fizeram ao serviço, mas que nada tinham a fazer, sem energia elétrica.

Num vídeo, um trabalhador explica que o problema não começou nesta sexta-feira e que o mesmo está ligado a uma dívida que o Ministério da Administração Estatal tem com a Eletricidade de Moçambique.

E os afectados foram os utentes. Aos 69 anos de idade, o corpo de já não permite grandes velocidades, e com a doença nos pés tudo se agrava. Francisco Nuazi disse que saiu às sete horas de casa, no bairro de Maxaquene, e só chegou três horas depois, ou seja, às 10h00 para regularizar a situação de prova de vida no Ministério. Mas, o esforço foi em vão.

Uma fonte daquele Ministério confirmou que a instituição tem uma dívida de três biliões de meticais. Contactamos uma fonte bem posicionada na EDM que confirma que o ministério tem um problema administrativo com a empresa, que já está em negociação e que, provavelmente, poderá ser resolvido na próxima semana.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique