EHN contrata 21 reforços com objectivo de melhorar prestação do ano passado

EHN contrata 21 reforços com objectivo de melhorar prestação do ano passado

Apenas 10 jogadores renovaram os seus contractos na ENH de Vilankulo e os restantes foram dispensados. A direcção foi ainda buscar 21 reforços para atacar a época 2020. O clube decidiu ainda não renovar com o técnico Antoninho Muchanga, sendo que Nelson Santos é uma das opções para assumir a equipa.

 

Idade e lesões são as razões apontadas pela direcção da EHN de Vilankulo para dispensar mais da metade do plantel que representou a equipa no ano passado. Para suprir a razia, o clube contratou 21 novos jogadores oriundos de vários clubes que militam no Moçambola. “Estamos a formar uma equipa jovem. Esses jogadores foram dispensados pela equipa técnica porque alguns tinham idade muito avançada (30 anos), alguns com lesões graves e não podíamos continuar com eles. Fomos buscar jovens talentosos, com alguma experiência no Moçambola. Pretendemos, com isso, melhorar o nosso futebol e quiçá alimentar a selecção nacional”, justificou Tavares Martinho, presidente daquela colectividade para depois avançar que há prohectos já em andamento visando a melhoria das infraestruturas do clube. “Estamos a desenvolver trabalhos de melhoria do nosso campo. Neste momento decorre o trabalho de remoção de toda a relva seca para em seguida plantar-se uma nova, para que em Abril (mês do arranque do Moçambola), tenhamos um campo em condições de acolher a prova rainha. Estamos a melhorar as residências dos jogadores e pretendemos criar escritórios adequados para o nosso clube”, detalhou.

Antoninho Muchanga, técnico cujo contrato terminou a 31 de Dezembro é carta fora de baralho, sendo que a opção da direcção passa por um técnico estrangeiro. “Neste momento, temos dois treinadores adjuntos confirmados nomeadamente: Victor Mayamba e António Uamba, são jovens muito dinâmicos que gostam de aprender. Neste momento estamos a trabalhar no sentido de ter o treinador principal. Contactamos o croata Boris Pucic, mas acabamos descartando porque exige salários muito altos (15 mil dólares), estamos a negociar com Nelson Santos, mas parece que ele está ocupado no Belenenses, mas é um treinador a não descartar. Estou ainda em contacto com Alex Alves que está na China”, avançou o dirigente. 

Lembre-se que a ENH terminou a época passada na 5ª posição com 41 pontos, sendo que para este ano o principal objectivo passa por conquistar a Taça de Moçambique e  estar entre os três melhores do Moçambola.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique