Énia Lipanga estreia-se com Sonolência em braile

Énia Lipanga estreia-se com Sonolência em braile

O mês de Janeiro deste muito imberbe 2020 começa com uma cerimónia de apresentação do livro de estreia de Énia Lipanga. A artista e activista social vai lançar o seu livro de poesia intitulado Sonolência e alguns rabiscos. A obra literária será apresentada ao público este sábado, às 15 horas, na Minerva & Continental, na cidade de Maputo, e tem a particularidade de possuir textos em braile, mesmo a pensar nos cegos.

Para este projecto que se pretende inclusivo, Énia Lipanga começou a trabalhar há três meses, depois de identificar a editora com a qual quis trabalhar: a Kuvaninga, que produz livros com capa de cartão reciclado, os quais são pintados e cosidos manualmente numa oficina geralmente aberta a todos interessados. “Eu queria produzir um livro que não fosse apenas meu, e como a Kuvaninga já trabalha com reciclagem, decidi aliar-me a esta iniciativa”, explicou Énia Lipanga, realçando que fez questão de abrir a oficina de pintura a crianças, adolescentes, jovens e demais voluntários.

Ora, além disso, a artista esclarece que decidiu imprimir o livro também na versão em braile porque agora trabalha na área da inclusão. “Sinceramente, acho que todo mundo deveria trabalhar nesta área e preocupar-se com a ideia de como podemos criar uma obra artística e fazê-la chegar ao maior número de pessoas possível. Então, esta obra será para quem vê e quem não pode ver, o que acontece na sequência do meu trabalho na poesia na área de sinais”.

Énia Lipanga considera que livros em braile não são acessíveis em Moçambique. “Este será o primeiro no país. Para o efeito, tivemos de identificar uma gráfica e pessoas que nos pudessem ajudar e daí buscar financiamento. Tive uma equipa de pessoas que se ofereçam para ajudar gratuitamente, como Nataniel Ngomane, que fez a revisão do livro, e Mário Macilau, que me cedeu a fotografia da capa (interna)”.

Sonolência e alguns rabiscos é um livro de amor, sobre o género e sobre a inclusão. Com 20 páginas A4, devido ao alto custo de produção não puderam ser mais do que isso, este é o 26º livro da Kuvaninga Cartão d’Arte, projecto literário e ambiental criado em Maio de 2012, na cidade de Maputo.

O primeiro livro de Énia Lipanga será lançado sábado, mesmo a propósito da ocasião em que se celebra o Dia Mundial do Braile: 4 de Janeiro.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique