Fusão de ritmos é a grande atracção artística para Mozefo

O Grande Fórum Mozefo está por vir e quando faltam apenas duas semanas para o realização do evento, que vai acolher grandes personalidades de todo mundo, os artistas convidados para actuar na abertura já se sentem preparados. Aliás prometem dar um espetáculo, recheado de moçambicanidade.

Fusão de ritmos, desde tradicionais aos mais modernos são a grande aposta para o espectáculo de abertura do Grande Fórum Mozefo. Nos ensaios é possível encontrar: da tradicional, típica e original Timbila ao moderno e contemporâneo piano, banda entre outros instrumentos. Tudo para dar corpo e voz a união de vários ritmos, alguns dos quais são o Hip-Hop e o Ragae.

São apenas preparativos de um concerto que se espera de grande envergadura, tal como assegura a Directora da Companhia Nacional de Canto e Dança. ‘’Estamos a ensaiar para ter bons resultados, o nosso trabalho depende da entrega’’, disse.

Os artistas convidados são unânimes em afirmar que, na música, o desafio para o futuro passa também por inovar na cultura.

“Vai ser o espelho daquilo que eu acho que é de onde Moçambique vem e para onde está a ir, referiu Moreira Chonguiça.

Por sua vez, Alvin Cossa considera o Mozefo uma vitrine do processo de desenvolvimento de Moçambique por isso adverte que “artes e cultura devem aproveitar ao máximo o espaço para que se perceba que não há desenvolvimento sem que se valorize a cultura”.

O Corpo directivo do Grupo SOICO assistiu o ensaio e o PCA, Daniel David, não escondeu a sua satisfação.

No espectáculo de abertura da segunda edição do Fórum Mozefo estarão envolvidos cerca de 40 artistas.

Recorde-se que o evento irá decorrer no Centro Internacional de Conferências Joaquim Chissano nos dias 22, 23 e 24 de Dezembro.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique