Iolanda Cintura considera que MOZEFO é um evento estratégico de nível social

Lá vão dois anos, depois do primeiro grande fórum MOZEFO, tempo suficiente para o grupo SOICO preparar o segundo, que, há instantes, começou no Centro de Conferências Joaquim Chissano, na cidade de Maputo, a qual tem como Governadora Iolanda Cintura. Convidada a discursar, no momento dos discursos iniciais, Cintura apreciou a essência do fórum económico, considerando que MOZEFO é um evento estratégico de debate de nível social que leva os moçambicanos a pensar no futuro. Por isso, a Governadora felicitou a SOICO pela iniciativa que se concentra numa partilha de conhecimento proveniente de todas partes do mundo, por exemplo, Espanha, Portugal, México e Costa Rica.

Considerando o carácter cosmopolita do fórum, Iolanda Cintura convidou, de seguida, a todos os participantes do MOZEFO a conhecer melhor a capital do país, o seu turismo, a sua cultura e a sua gastronomia.

Ora, mesmo antes dos momentos dedicados a discursos inaugurais, o segundo grande fórum MOZEFO iniciou com a entoação do hino nacional, Pátria Amada. Logo a seguir, Alvim Cossa exibiu a performance dos seus xithokozelos, gritando a plenos pulmões o nome Moçambique, tal como o fez o grupo de Tufu que levou ao palco a dança de Nampula, com Regina dos Gran’Mah na vanguarda, como vocalista. Na verdade, o momento cultural serviu para exibir manifestações culturais do país, daí que o xigubo, numa mistura com o RAP de SG, do grupo Xitiku ni Mbaula, também teve espaço. Racionalizando-se o tempo, depois do rapper, Lizha James cantou o seu Nita mukuma kwine.

E porque é sempre importante saber-se de onde se vem, no ousado desafio ao futuro, por via da tela gigante, o auditório e os telespetacdores da Stv espalhados pelo mundo viram o vídeo, emotivo, dos eventos atinentes ao primeiro grande Fórum, realizado em 2015, no Campus Universitário Eduardo Mondlane, em Maputo.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique