Estados Unidos tornam-se epicentro do novo coronavírus

Estados Unidos tornam-se epicentro do novo coronavírus

Os Estados Unidos da América são o país com maior número de casos confirmados da COVI-19 no mundo com mais de 100 mil infectados pela doença. Uma moçambicana em Nova Jersey contou ao “O País” as medidas introduzidas pelas autoridades para controlar a contaminação pela doença.

Estão a frente da Itália, China, Espanha, França e tantos outros países do mundo com registo do novo coronavírus…os Estados Unidos da América já têm mais de 100 mil infectados pela COVID-19 e o número de mortes pela pandemia são mais de mil.

No Estado da Nova Jersey, por exemplo, há 82 mortes pelo novo coronavírus. É lá onde vive há sete anos a moçambicana Letice Zunguza, que contou ao “O País” as medidas adoptadas para conter a propagação da pandemia.

“Os que trabalham em estabelecimentos que fornecem produtos essenciais de limpeza, alimentos, medicamentos são dados uma carta para, em caso de serem interpelados pelas autoridades, exigindo satisfações de estar na rua, exibam, provando que estão a trabalhar”, explicou Letice Zunguza, moçambicana que se encontra nos Estados Unidos da América, acrescentando que salões restaurantes e salões de beleza estão encerrados.  

Com o encerramento de restaurantes e bares, muita gente ficou desempregado. “A minha rotina não mudou tanto porque eu trabalho num desses estabelecimentos que permanecem abertos. Continuo saindo de casa para o trabalho. Os que moram comigo têm o privilégio de poder trabalhar a partir de casa e é o que estão a fazer neste momento, mas por enquanto a gente só espera que as coisas melhorem”.

Enquanto as coisas não melhoram, Letice Zunguza apela a todos a seguirem as recomendações das autoridades da saúde. “Lavar as mãos o mais frequente possível. Se não tiver água e sabão por perto use álcool em gel, evitem tocar a face. Evitem, também, grandes grupos, mesmo que sejam familiares. Eu sei que nós africanos e moçambicanos gostamos de nos juntar aos fins-de-semana, mas vamos aguentar até que as coisas se normalizem”.  

Nova Iorque é o Estado com maior número de mortos pela COVID-19, contabilizando 450 óbitos.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique