FEMOCOS receptivo no alívio das medidas para retoma da economia no país

FEMOCOS receptivo no alívio das medidas para retoma da economia no país

A Federação Moçambicana de Comércio e Serviços ou simplesmente FEMOCOS acolheu com muito agrado o alívio das medidas para a retoma paulatina das actividades económicas no país, anunciadas este domingo pelo Presidente da República, no âmbito da prorrogação do Estado de Emergência por mais 30 dias.  
“Acolhemos de forma muito afável o anúncio do Chefe do Estado, pois como sabe desde que foi decretado o Estado de Emergência em Abril, houve grandes constrangimentos na operacionalização da economia nacional.

Tal como disse o chefe do Estado, neste momento há um incumprimento em todo o país das principais normas estabelecidas para se evitar a propagação do novo coronavírus. Penso que os primeiros passos na nova normalidade começaram a ser dados pelo próprio chefe do Estado, num contexto em que os números de casos continuam a subirem, anunciar esta abertura, é uma espécie de uma luz no fundo do túnel. Lembre-se que a vida humana é o bem mais precioso e que a economia é o pulmão de todos dai que cabe aos moçambicanos fazer cumprir na íntegra as recomendações do Chefe do Estado. Ou seja, a partir de agora temos que saber conviver com a COVID-19.

O futuro é imprevisível e é todos os sectores articularem com o sector de saúde, para criarem o seu perfil, no sentido e como abrir num futuro breve”, alertou Prakash Prehlad, presidente da Federação Moçambicana de Comércio e Serviços.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique