Filipe Nyusi renova compromisso de diálogo com a Renamo

Filipe Nyusi renova compromisso de diálogo com a Renamo

O Chefe de Estado garantiu, esta segunda-feira, à população do novo distrito de Mulevala, que tudo fará para continuar a dialogar com a Renamo para o alcance da paz efectiva no país. Filipe Nyusi tem fé que, com brevidade, o assunto em discussão poderá alcançar consensos.

Nyusi chegou a afirmar que se o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, estivesse vivo, o segundo ponto de agenda que tem a ver com a desmilitarização e enquadramento das tropas resíduas da Renamo nas Forças de Defesa e segurança talvez já teria sido um assunto resolvido.

"O Governo vai continuar a fazer de tudo para que a paz seja efectiva para que o nosso país conheça níveis de desenvolvimento para o bem dos moçambicanos. Nós todos somos iguais na Assembleia da República; os deputados das três bancadas, Frelimo, Renamo e MDM convivem normalmente e nós precisamos de replicar este facto" disse o Chefe do Estado, acreditando que a Renamo também está interessada na paz.

Recorde-se que, recentemente, o Secretário-geral da Renamo, Manuel Bissopo, disse, em Quelimane, que o diálogo com o Governo está a fluir, embora a complexidade do segundo ponto que tem a ver com assuntos de Defesa e Segurança. Bissopo fez saber, na ocasião, que sobre o assunto, dada a complexidade, é necessário fazer cedências para o cumprimento da paz efectiva.

Comício em Mulevala

Na vila sede distrital, local de comício, o estadista moçambicano foi confrontado pela população sobre a questão da electrificação. Sobre o assunto, Filipe Nyusi reconheceu a preocupação, mas lembrou que o distrito de Mulevala foi elevado àquela categoria recentemente e que, neste momento, tudo está a ser feito para garantir a electrificação da rede nacional.

Segundo explicou, até finais deste ano, Mulevala vai ter energia elétrica sendo que neste momento decorrem trabalhos para o feito. Aliás, no rol dos distritos sem electricidade, Luabo, que também foi recentemente elevado àquela categoria, vai beneficiar da energia no final deste ano. Já a população do recém-criado distrito de Derre já dispõe de energia da rede nacional.

Para além da energia, com a população de Mulevala, o Presidente da República também abordou sobre os perigos que os casamentos prematuros estão a causar à sociedade moçambicana, por isso apelou aos pais, líderes comunitários e religiosos a unirem esforços para travar aquele mal. 

Antes de seguir ao distrito de Mulevala, Filipe Nyusi entrou na província da Zambézia a partir da cidade de Quelimane onde, em breves instantes, discursou no aeroporto local para explicar os objectivos da visita. Na ocasião, reconheceu que nem tudo vai bem na província e por isso a sua presença visa, em conjunto com a população, encontrar mecanismos de ultrapassar os problemas que vai encontrar.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique