Fornecedores privados agravam preço de água

Fornecedores privados agravam preço de água

Os fornecedores privados de água anunciam aumento do preço do metro cúbico de água, a partir do mês de Maio corrente, em todo país.

Actualmente, em zonas com cobertura de energia elétrica, a tarifa de água é de 50 meticais por metro cúbico. E a partir deste mês, o preço aumenta para 70 meticais. Artemisa Langa tem um agregado familiar de cinco membros e gasta em média mensal 10 metros cúbicos, isto é, paga por mês 500 meticais, valor que poderá subir para 700 meticais.

Aníbal Macamo vive na Zona da Matola Gare, na autarquia da Matola. Mostra-nos o contador que tem o registo de 30 metros cúbicos em 8 meses, embora fique muitos dias sem água. Macamo espera que o agravamento venha a melhorar a situação.

Para quem tem a missão de prover o chamado precioso líquido entende que o aumento das tarifas é para melhorar a qualidade do serviço que presta ao consumidor.

Em 2016, 1 kilowatt de energia elétrica custava 4.65 meticais. Hoje, o valor aumentou para 13.39 meticais, o correspondente a um aumento na ordem de 188%. O gasóleo usado em zonas sem energia elétrica custava em 2016, 45.3 meticais o litro e actualmente é vendido 65,56 meticais, um aumento de 45%.

Estas são as contas feitas pela Associação dos fornecedores privados de água.

Para zonas com cobertura elétrica, a tarifa domestica passa de 50 para 70 meticais. Já a tarifa comercial passa dos actuais 55 para 77 meticais. E onde não há energia elétrica, a tarifa doméstica muda de 60 para 75 meticais e a comercial passa de 65 para 82 meticais.

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique