Ungulani Ba Ka Khosa distinguido com Prémio José Craveirinha

UNGULANI BA KA KHOSA

Prémio José Craveirinha 2018

Um escritor, meus amigos, nunca pensem que tem dinheiro. Mas temos uma coisa: a paixão de escrever. E vocês, acima de tudo, vocês estudantes que têm sempre a paixão de escrever, não pensem que são melhores ou piores que os outros. Não. Todos nós somos como qualquer um. Ser escritor é paciência; ser escritor é encontrar-se. Tenho 61 anos, não tenho nada, mas há uma coisa, sou recebido por governadores. Recebem-me e recebem-me como gente.

MAIOR PRÉMIO LITERÁRIO DO PAÍS

O Prémio José Craveirinha foi instituído em 2003. Desse ano até 2007, o prémio distinguiu o melhor livro do ano. A partir de 2009, foi remodelado, passando, desde então, a laurear a carreira de um escritor, poeta ou ensaísta moçambicano cujo impacto da sua obra seja acentuado para o enriquecimento da arte literária e cultura moçambicanas.

Ungulani Ba Ka Khosa é o sexto autor a ser atribuído o prémio carreira que já conquistou em 2007, quando se distinguiu o livro Os sobreviventes da noite. Antes de Ungulani, venceram o prémio carreira Fátima Mendonça (2016), Luís Bernardo Honwana (2014), Lília Momplé (2012), Calane da Silva (2011) e Aldino Muianga (2009).

O Prémio José Craveirinha é uma iniciativa criada pela AEMO com patrocínio exclusivo da HCB. Com esta premiação, Ungulani Ba Ka Khosa leva para casa cerca de 1 500 000 meticais.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique