Governo da África do Sul fecha escolas públicas por um mês

Governo da África do Sul fecha escolas públicas por um mês

O Governo sul-africano decidiu encerrar as escolas públicas por mais um mês devido à pandemia da COVID-19, anunciou, esta quinta-feira, o Presidente Cyril Ramaphosa.

“O Governo decidiu hoje que todas as escolas públicas devem fechar durante as próximas quatro semanas”, afirmou Ramaphosa num discurso transmitido pelas televisões sul-africanas e citado pela agência France-Presse.

Segundo Cyril Ramaphosa, as escolas, com algumas excepções, manter-se-ão fechadas a partir de 27 de Julho, devendo reabrir em 24 de Agosto.

“Dada a interrupção causada pela pandemia, o ano escolar atual [que se realiza entre Janeiro e Dezembro de 2020] será prolongado para além do final de 2020”, disse o Presidente sul-africano.

Durante o discurso, Ramaphosa anunciou também a abertura de cerca de 30 investigações por roubo ou desvio de fundos destinados à luta contra a pandemia, incluindo para o financiamento da distribuição de alimentos e para a compra de material de proteção.

“A tempestade do Coronavírus, efectivamente, chegou”, apontou o Chefe do Estado, assinalando que o país é o quinto com mais casos no mundo, com 408.052 infecções registadas desde o início da pandemia.

A África do Sul é um dos 20 países com mais mortes causadas pela doença provocada pelo novo Coronavírus, com 6.093 vítimas mortais.

“Devemos fazer tudo ao nosso alcance para minimizar a propagação da doença”, acrescentou Cyril Ramaphosa, justificando este novo encerramento das escolas públicas.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique