Governo de Cabo Delgado preocupado com fuga de informações classificadas

Governo de Cabo Delgado preocupado com fuga de informações classificadas

O governo de Cabo  Delgado, está preocupado com a publicação de informação confidencial do Estado nas redes sociais, algumas das quais podem estar a ser divulgadas a partir dos gabinetes dos dirigentes.

O problema  foi pela primeira vez apresentado, pelo governador da província Júlio Parruque, durante o seminário nacional da Associação dos Secretários e Secretárias de Moçambique, onde pediu aos profissionais a evitarem a divulgação de documentos que podem por em causa a segurança do Estado.

“Reconhecemos a importância das novas tecnologias, mas julgamos importante que sejam usadas apenas para facilitar a comunicação, e não para publicação de informações que, até certo ponto, podem pôr em causa a segurança do próprio Estado,” disse Júlio Parruque no seu discurso de abertura do evento.

Na ocasião, o governador deixou um apelo aos secretário dos dirigentes, especialmente  do governo, para “evitar colaborar na propagação de informação sigilosa, documentos em tramitação ao público, com recurso as novas tecnologias.”

Entretanto, em defesa  dos membros, a Presidente da Assemo, Julita Juma, também reconheceu a preocupação levantada pelo governador de Cabo Delgado, mas não assumiu autoria da publicação de documentos quer  confidenciais.

“O expediente  passa por vários departamentos e instituições, e nós não acreditamos que os profissionais do secretariado estejam envolvidos na divulgação de documentos,” defendeu a Julita Juma.

O seminário nacional que decorre sob o lema  “O Papel do Profissional do Secretariado como Alavanca para o Desenvolvimento das Organizações”, participam cerca de 300 profissionais do secretariado, em representação dos mais de 3 mil membros da ASSEMO, uma agremiação  criada em 1994.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique