Governo em Inhambane procura soluções para crise no turismo

Governo em Inhambane procura soluções para crise no turismo

Daniel Chapo formou o seu executivo nesta quarta-feira, com olhos virados a pandemia da COVID-19. O turismo é o sector que mais contribui para os cofres da Província e também o mais afectado pela pandemia. 

O timoneiro de Inhambane reconhece a situação em que estão os operadores turísticos, e diz por isso que o seu executivo vai sentar com os empresários para juntos buscarem soluções para fazer face a crise.

Chapo recorda que 60% do turismo do país é feito na província de Inhambane e o objectivo é recuperar o domínio que a província detinha.

Daniel Chapo pede calma e defende que as pessoas terão de aprender a viver com a doença. É que para o governante, tal como foi com outras doenças como HIV, Cólera, lepra entre outras que inicialmente aterrorizavam as pessoas, mas hoje o mundo vive com elas, o mesmo vai acontecer com o novo Coronavírus. 

O mais importante para já, ressaltou Daniel Chapo é garantir o cumprimento rigoroso das medidas de prevenção.

O governante falava a margem da cerimônia de posse do Conselho executivo provincial que conta com 2 novas caras, sendo Daniel Massingue que assume as funções de director Provincial de Infraestruturas e Emídio Nhantumbo nomeado director provincial da cultura e Turismo.

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique