“Hidroeléctricos” na Zâmbia para recuperar energia perdida

“Hidroeléctricos” na Zâmbia para recuperar energia perdida

A União Desportiva de Songo joga na tarde desta quarta'feira, na Zâmbia, diante do Nkana FC, em partida da segunda mão, da pré-eliminatória, de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões africanos em futebol. Na primeira mão, na Beira, o campeão moçambicano perdeu por duas bolas a uma

Uma primeira mão para esquecer por parte da União Desportiva de Songo, no “caldeirão” do Chiveve, há sensivelmente uma semana, pode ter deitado por terra a possibilidade de chegar a fase de grupos da Liga dos Campeões africanos, depois da derrota por duas bolas a uma, diante do Nkana da Zâmbia.

Uma equipa mal estruturada tacticamente, com jogadores em sobre rendimento e alguns em baixo de forma, sem contar com um ataque pouco venenoso e sem convicções, que perderam imensas oportunidades de golos e uma defesa a claudicar em alguns momentos, permitindo dois golos mais consentidos do que conseguidos e uma avalanche ofensiva forte do adversário, fizeram o campeão nacional da primeira mão.

Desta vez, em terreno alheio, a responsabilidade é ainda maior para uma equipa que vem da fase de grupos da Taça CAF, onde esteve integrado com colossos do futebol africano, que foram tarimba africana a uma equipa nova e que começa a se impor no país. Aliás, a esperança é(ra) que já estivesse se impondo em África, tendo em conta que não se trata de uma primeira experiência.

Se na primeira mão viu-se pouco dos reforços, com alguns a aquecerem o banco de suplentes, casos de Sunday e Amarachi, desta vez espera-se que os mesmos possam deixar tudo em campo para justificar o real motivo da sua contratação para os “hidroeléctricos”, que passa(va) necessariamente por ajudar a equipa a atingir a fase de grupos da Liga dos Campeões africanos, a começar por esta eliminatória.

Se Amorin, a quem se esperava muito dele na defensiva hidroeléctrica, e Telinho, que andou de um lado para o outro no ataque, foram pedras de pouca influência, Nacir Armando terá a responsabilidade de pensar em outras pedras basilares para colamatar quaisquer baixas de rendimento na equipa, Sunday e Amarachi, que entraram a substituir, foram mais visíveis, com o primeiro a apontar o tento de honra já nos minutos finais do jogo, e o segundo a ser um jogador fundamental nas manobras ofensivas dos moçambicanos. Aliás, estes dois jogadores mostraram merecerem a titularidade no jogo desta tarde.

Para passar a eliminatória, a turma de Nacir Armando precisa vencer por duas bolas sem resposta, ou pelo menos, ao sofrer, que vença por uma diferença de dois golos.

No jogo da primeira mão, na Beira, Nacir Armando entrou com uma praticamente defensiva, utilizando um sistema táctico de 4-4-1-1, com Hélder Pelembe na frente a ser apoiado por Telinho. Mário Sinamunda e Jimmy eram os médios alas que tinham de permeio Kambala e Cremildo, ambos defensivos e com poucos raides para o ataque. Amorin, recentemente contratado, assumiu o lugar de Mano no centro da defesa, ao lado de Cremildo, uma dupla que jogava pela primeira vez junta, tendo nas laterais Bhéu e Tony, numa defensiva cuja baliza estava a cargo de Leonel.

 

Estágio na África do Sul com pouca carga

Logo após a partida da passada quarta-feira diante do Nkana da Zâmbia, em que perdeu por duas bolas a uma, a União Desportiva de Songo, deslocou-se, quinta-feira, para África do Sul, onde final de semana defrontou o Jomo Cosmos, equipa da segunda divisão sul-africana, onde perdeu por 2-3. Foi, de resto, uma partida em que Nacir Armando aproveitou para observar os jogadores que estarão aptos para o embate desta tarde, no Nkana Stadium, na Zâmbia, para a segunda mão da pré-eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões africanos.

Dos jogadores que estiveram em Joanesburgo, destaque vai para os jogadores de ataque, nomeadamente Telinho, Sunday, Amarachi e Mário Sinamunda, que muita deram a uma equipa da segunda divisão totalmente cheia de jovens jogadores que procuram despontar no futebol sul-africano.

Realçar que a União Desportiva de Songo viu-se reforçada por Banda, jogador malawiano que vai ajudar a equipa de songo nesta deslocação a Nkana, dependendo do treinador principal, Nacir Armando a sua utilização no embate de mais logo.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique