Imprensa Nacional de Moçambique quer reduzir uso do papel

Imprensa Nacional de Moçambique quer reduzir uso do papel

A Imprensa Nacional de Moçambique (INM) pretende reduzir, em cerca de 90%, o uso do papel nas suas actividades e, por conseguinte, poupar dinheiro com a sua aquisição. Para tal, lançou, hoje, na capital do país, uma plataforma de publicação electrónica do Boletim da República (BR).

A centenária instituição produz, diariamente, perto de 300 mil exemplares de diversas publicações periódicas, o que a leva a tanto desperdício de papel.

Como que a marcar passos na informatização de serviços, um desafio lançado pelo Governo, a INM encontrou uma saída: além da publicação impressa, passará a disponibilizar o BR na sua página da internet.

“Nós fazemos uma impressão do BR, todos os dias, em papel. Esperamos ter com o BR electrónico, uma redução na ordem dos 90%” em relação ao uso do papel, disse Armindo Matos, Presidente do Conselho de Administração da INM.

A representar o Governo, Joaquim Veríssimo assistiu ao lançamento da publicação eletrónica do BR.

No discurso de ocasião, o ministro da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos reconheceu as inúmeras vantagens da adopção de meios electrónicos pelo INM. Joaquim Veríssimo considerou que “o projecto é sustentável e vai permitir o encaixe de mais receitas” ao assegurar “bom serviço aos cidadãos”.

Para a disponibilização do BR em formato electrónico, a INM disse que investiu cerca de 17 milhões de meticais, retirados dos seus cofres. Armindo Matos fez saber ainda que a instituição factura, mensalmente, entre seis e sete milhões de meticais.

 

 

 


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique