INAGE busca soluções no combate aos crimes cibernéticas

INAGE busca soluções no combate aos crimes cibernéticas

O Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE) realiza o 1o Conselho Consultivo para refletir sobre medidas que visam elevar de forma efectiva e prática a prontidão da Administração Pública no que tange a prevenção, combate aos crimes cibernéticos e provisão de serviços públicos digitais.

O Secretário Permanente do Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e  Técnico Profissional,  Celso Laíce, afirmou que a segurança e os serviços digitais, não devem andar dissociadas, tendo em conta que o cidadão tem necessidade de confiar que os serviços colocados à sua disposição online têm todos os mecanismos que os tornem seguros.

“Nos dias que correm, este é um desafio premente não só para Moçambique e África, mas igualmente para todos os países, pois, estamos perante a terceira maior revolução industrial, a revolução da informação”, lê-se no comunicado enviado à nossa redacção.

Laice enalteceu as actividades desenvolvidas pelo INAGE,  pelo facto de em menos de 12 meses da sua criação terem logrado criar as condições administrativas e financeiras para o normal funcionamento de uma instituição da Administração Pública.

Para responder ao movimento de ataques cibernéticos que têm estado a ocorrer em todo o mundo, o Governo moçambicano criou estratégias como a Lei de Transações Eletrónicas, Lei de telecomunicações, Decreto de registo de cartões SIM e elaboração da estratégia nacional de segurança cibernética.

O Conselho Consultivo realiza-se sob o lema “Por uma Cultura de Segurança Cibernética na Prestação de Serviços Públicos Digitais”.


Contactos

Tef: +258 21 313517/8

Email: opais@soico.co.mz
Local: Rua Timor Leste, 108 Baixa
Maputo- Moçambique