O País Online - A verdade como notícia

Terça-feira
22 de Agosto
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início

Tabuleiro metálico sobre a ponte Maputo-KaTembe deverá ser montado entre Setembro e Novembro

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Ponte Maputo-KaTembe terá uma portagem devendo ser instalada na Ka Tembe

Desafios pela frente, mas nem isso deverá comprometer os prazos. É essa a esperança de Silva Magaia, PCA da Maputo Sul, empresa responsável pela construção da Ponte Maputo-Ka Tembe.

Neste momento, a equipa que ergue a infra-estrutura desdobra-se em montar as rampas de entrada e de saída, na zona da Malanga.

São ao todo cinco, sendo que a primeira está a ser construída na avenida das Nações Unidas.

A terceira saída para quem vem de Ka Tembe, estará em frente ao Instituto Nacional de Comunicações de Moçambique, próximo a rotunda da Malanga. Vem a seguir a que deverá dar à 24 de Julho, e que passará pela zona do mercado Mwakakana. Ainda na 24 de Julho, será erguida a quinta entrada da ponte, próximo ao Instituto de Transportes e Comunicações, ITC.

E na outra margem da Baía de Maputo, os trabalhos estão relativamente mais avançados.

Mais da metade dos pilares já tem o tabuleiro de betão montado, estando a decorrer a divisão dos dois sentidos da ponte, que terá quatro faixas, duas para cada sentido.

A equipa de trabalho está também a colocar vedação nas laterais. Num dos tubos, serão colocados diversos cabos, entre os que transportam corrente eléctrica, linhas das TDM e outros serviços. Serão também montados postes de iluminação num espaço reservado.

Entretanto, o tabuleiro metálico, que vai ligar as duas margens no vão suspenso, ainda não chegou a Maputo, sendo que o prazo inicial para a sua chegada era finais de Junho. Espera-se que a estrutura seja montada a partir de Setembro.

Tal como tinha sido previsto inicialmente, a ponte terá uma portagem, devendo ser instalada na Ka Tembe.

O objectivo é concluir a portagem no mesmo período da conclusão da ponte Maputo-Ka Tembe, de modo que ninguém use a ponte sem pagar as taxas.

O edifício dos escritórios da portagem terá perto de 10 compartimentos, no rés-do-chão e no primeiro andar.

Espera-se que até Dezembro, a ponte Maputo-Ka Tembe esteja transitável, devendo, contudo, continuar alguns trabalhos de finalização.

Esta ponte é a maior do país, maior de África com vão suspenso, e está entre as 60 do mundo com maior vão suspenso. Além de estabelecer a ligação Maputo-Katembe, espera-se que a chegada da ponte possa dinamizar o desenvolvimento daquele distrito, que dista a menos de um quilómetro do centro da capital.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo