O País Online - A verdade como notícia

Sábado
23 de Setembro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início

Messi coloca Juventus em sentido

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Juventus perde diante de Barcelona por 3-0 na estreia na Liga dos Campeões Europeus

O Barcelona levou, ontem, de vencida a Juventus por 3-0 na estreia na Liga dos Campeões Europeus em futebol. Messi fez dois golos, intercalados por outro de Rakitic, colocando os catalães em igualdade com o Sporting na frente do grupo “D” da competição. Os “leões” venceram o Olympiakos, em Atenas, com uma exibição de sonho durante boa parte do desafio e traduzida em golos de Doumbia, Gelson e Bruno Fernandes. O Sporting poderia ter apontado vários outros golos (bola no poste de Bruno Fernandes, de Gelson, duas de Bas Dost e mais uma mão cheia de oportunidades), mas não o fez e terminou a sofrer, depois de ter permitido que Pardo (já jogou em Portugal, no SC Braga) marcasse dois golos.

No grupo “A”, o CSKA de Moscovo venceu o Benfica por 2-1, em encontro disputado no Estádio da Luz.

O avançado internacional suíço Haris Seferovic ainda adiantou o tetracampeão português no marcador (50 minutos), mas Vitinho, de grande penalidade (63 minutos) e Zhamaletdinov (71 minutos) operaram a reviravolta para os russos.

Na outra partida deste grupo, o Manchester United, com Lindelof na equipa, recebeu e venceu, esta terça-feira, o Basileia, por 3-0, em jogo do grupo “A” da Liga dos Campeões.

Fellaini, Lukaku e Marcus Rashaford estiveram em plano de evidência ao assinarem os três golos do Manchester United frente ao Basileia, que contou com Wolfswinkel (ex-Sporting) na equipa. Destaque, ainda, para o Paris Saint-Germain que não concedeu veleidades ao Celtic, mesmo sabendo-se das dificuldades habituais que as equipas passam a jogar em Glasgow. Goleada por 5-0, com Cavani (2 golos), Neymar e Mbappé a fazerem o gosto ao pé, além de um autogolo de Lustig.

No outro embate deste grupo, Bayern cumpriu na recepção ao Anderlecht, vencedo a equipa belga por 3-0. Lewandowski abriu o marcador de grande penalidade na primeira parte e o adversário ficou reduzido a 10 jogadores. Thiago Alcántara e Kimmich completaram o marcador. Por sua vez, o Chelsea não sentiu dificuldades para golear, esta terça-feira, o Qarabag, por 6-0, em jogo do Grupo C da Liga dos Campeões. Pedro, Zappacosta, Azpilicueta, Bakayoko e Batshuayi (2) foram os marcadores de serviço da expressiva vitória do campeão inglês.

Na outra partida, a Roma e o Atlético Madrid não foram além de um empate a zero.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo