O País Online - A verdade como notícia

Sábado
25 de Março
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Cultura

Cultura

Neyma liberta hoje seu novo clip

Neyma liberta hoje seu novo clip

“A Hi Dzimeni”

Ler mais...
Autores traçam novas linhas orientadoras

Autores traçam novas linhas orientadoras

Dia Internacional da Propriedade Intelectual

Ler mais...

Tânia Tomé lança prosas dedicadas as crianças

“Agarra-me o Sol por Trás e Outros Escritos e Melodias”, é o título da obra literária da Escritora Moçambicana Tânia Tomé,  lançada no Centro Cultural Brasil Moçambique. Para além dos poemas o livro contempla ainda várias prosas poéticas  dedicadas as crianças. A sala do Centro Cultural Brasil Moçambiquque, esteve completamente lotada pelo público que não quis perder o lançamento do livro da escritora e cantora Tânia Tomé. Tratou-se na verdade de um momento ímpar, onde para além do livro, a escritora deliciou os seus fãs com um momento de Showesia, emprestando sua voz na declamação de poesias acompanhadas por som da guitarra. Lançado no Brasil no ano passado pela editora Escrituras, a obra em alusão que, por sinal foi ilustrado pelo artista plástico brasileiro, Eduardo Eloi, enaltece o lado positivo das artes moçambicanas. Para o encarregado de negócio de Brasil em Moçambique, o lançamento desta obra revela mais um o comprometimento que o país da Dilma tem para com as artes moçambicanas. De referir que Tânia Tomé é a única moçambicana que concorre na 9ª edição do Prémio Portugal Telecom de Literatura.

Minerais viram obras de arte

A mesma é da autoria do Ministério dos Recursos Minerais em coordenação com o Museu Nacional de Geologia

Ler mais...
Sina jornalística

Sina jornalística

Nova peça do Gungu

Ler mais...

Paraíso de tolos

O filme não é de hoje e exalta uma realidade intemporal do submundo nos subúrbios de Soweto e Joanesburgo. Uma história de crime, amor, redenção e recaídas; um círculo vicioso e até mortal – falamos da longa de ficção sul-africana intitulada “Jerusalema”

Ler mais...
Sonhar com a grande orquestra

Sonhar com a grande orquestra

Teclista de créditos firmados, revela que estamos constantemente a promover um tipo de música “descartável”.

Ler mais...
Hoje é Dia Mundial do livro

Hoje é Dia Mundial do livro

Porém, no país, o livro ainda é um objecto de luxo, devido ao preço de venda, situação que torna a literatura algo para as camadas favorecidas

Ler mais...
 “Órfãs efémeras”

“Órfãs efémeras”

Marcelino Ngalilo Ding’ano

Ler mais...
Encontro marcado com a literatura

Encontro marcado com a literatura

"Está previsto ainda o lançamento de doze livros, conversas e sessões de autógrafos com os autores : João Paulo Borges Coelho, Calane da Silva, Mia Couto, Lina Magaia, Ungulane Ba Ka kosa, Carlos Serra, Hipoloto Sengulane, Jafete  Matsimbe, entre outros"

Ler mais...

Recursos minerais expostos no CEBM

Está aberta na galaria de arte do Centro Cultural Brasil Moçambique uma exposição de diversas obras artísticas que realçam a grandeza dos recursos naturais moçambicanos. A mesma pertence ao Ministério dos Recursos Minerais em coordenação com o Museu Nacional de Geologia.Trata-se de uma exposição não comum nas galerias de arte nacionais, na medida as obras expostas foram concebidas à base de recursos minerais moçambicanos, concretamente, rochas e cristais.Para Abdul Razaque e Luis Júnior, Vice Ministro dos Recursos Minerais e o Director do Museu Nacional de Geologia respectivamente, num país rico em gás natural, carvão mineral e areias pesadas, é preciso frisar que cristais e rochas também podem contribuir para o desenvolvimento sócio-económico do país.Por seu turno, o público presente na abertura da referida exposição congratulou a iniciativa do Ministério na medida em que a mesma visa valorizar os recursos minerais moçambicanos.Importa realçar que a exposição em alusão encerra no próximo dia 29 do mês em curso.  

Festival de Jazz de Luanda custará 2.5 milhões de dólares

Festival de Jazz de Luanda custará 2.5 milhões de dólares

A realizar-se em Junho deste ano

Ler mais...
Um moçambicano ainda por se assumir

Um moçambicano ainda por se assumir

 Maputo nos olhos de um estrangeiro

Ler mais...

Ode ao Teatro do Oprimido

16 de Março, o Dia Mundial do Teatro do Oprimido

Ler mais...

Duas noites de diversão à custa de cabaret

É um espectáculo único e nunca antes visto em Moçambique, e que vem colorido de magia, humor e muito glamour

Ler mais...
Um hip-hop polivalente

Um hip-hop polivalente

 Mazarar brinca com os sons tradicionais e modernos, numa mistura diferente e harmoniosa

Ler mais...
Missão cumprida, mestre!

Missão cumprida, mestre!

Funeral  do artista plástico Shikhani

Ler mais...

“Sonhos perdidos” do Girassol

“Abordámos questões relacionadas com a prostituição"

Ler mais...

As Áfricas de Pancho Guedes

Moçambique faz parte das imagens que inspiraram o arquitecto

Ler mais...
A lenda

A lenda

“No tempo de Samora, isto não era possível.”

Ler mais...
Página 127 de 128

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -24-03-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa 390