O País Online - A verdade como notícia

Segunda-feira
24 de Abril
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Cultura Cultura Falso Justin Bieber acusado de 900 crimes relacionadas a crianças

Falso Justin Bieber acusado de 900 crimes relacionadas a crianças

Acusado enfrentará um tribunal de Brisbane a 6 de Abril

Um homem que se apresentou como Justin Bieber on-line foi acusado de mais de 900 crimes relacionados a crianças na Austrália.

De acordo com a BBC News, o homem de 42 anos disfarçou-se como cantor canadense para obter imagens explícitas de crianças, disse a polícia de Queensland.

Ele foi acusado de 931 crimes, incluindo três de estupro, envolvendo 157 supostas vítimas em todo o mundo.

O Detetive Inspector Jon Rouse, chamado às alegações "francamente horrendo", advertiu os jovens fãs do cantor e aos pais a serem vigilantes.

"O fato de tantas crianças poderem acreditar que estavam se comunicando com essa celebridade em particular destaca a necessidade de repensar seriamente a forma como nós, como sociedade, educamos nossos filhos sobre a segurança on-line", disse Rouse.

A polícia de Queensland confirmou que a investigação envolveu autoridades internacionais.

O homem já estava enfrentando acusações em Queensland de possuir material de exploração e preparação de crianças, mas as 931 acusações foram acrescentadas esta semana depois que a polícia registou seu computador.

Ele estava usando "várias plataformas on-line", incluindo Facebook e Skype para se comunicar com as crianças, disse a polícia.

O acusado enfrentará um tribunal de Brisbane a 6 de Abril.

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -24-04-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa 393