O País Online - A verdade como notícia

Sexta-feira
22 de Setembro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Cultura Cultura Grupo sul-africano promete fazer orar, chorar e dançar moçambicanos

Grupo sul-africano promete fazer orar, chorar e dançar moçambicanos

Joyous Celebration vão actuar no dia 1 de Abril no Estádio Nacional do Zimpeto

1 de Abril. Uma data a não passar despercebida por parte dos amantes da música e em particular do gospel. Não é para menos, Moçambique vai receber um dos maiores grupos de gospel da África do Sul, Joyous Celebration.

Tal como o nome nos sugere e o responsável do colectivo garantiu, não faltará celebração no Estádio Nacional do Zimpeto, em Maputo. “Vamos orar, chorar e dançar e fazer tudo aquilo que faríamos diante de Deus”, prometeu Mbali Thabethe.

Um dos 20 coristas deste grupo, falando na tarde desta sexta-feira ao O País disse inclusive que eles não escolheram o gospel, mas o ritmo é que escolheu os artistas.

“Eu acho que o que estamos a fazer é o que Deus destinou a fazermos. A forma como fazemos é como sentimos que temos de fazer isso. E nosso foco está nisso. Independentemente do que aconteça, as pessoas ficando agitadas, encorajadas, tristes e de várias formas. Nós não temos controlo sobre isso. O que nos orgulha é acreditar naquilo que Deus nos chamou a fazer”, disse Thabethe quando questionado o que lhes orgulhava fazendo o gospel.

Os espectáculos dessa banda que conta com mais de 20 álbuns extravasam o conceito de concerto. É, portanto, uma exaltação a Deus através de mensagens sobre a paz, respeito, bem-estar, concórdia e muito “joyous”, sim, muita alegria.

É o que se espera para este espectáculo marcado para as 14h00. O grupo tem um vasto reportório… impossível trazer todas as músicas, mas as mais apreciadas e conhecidas com certeza serão interpretadas.

Ao todo são 30 artistas que estarão em palco. Além do coro, 10 instrumentistas vão garantir a festa através de uma sonoridade bastante rica e para lá de plural.

“Nós esperamos ter uma estadia brilhante, porque nós notamos que há muita gente em Moçambique que vai aos nossos concertos na África do Sul. E sabemos que as pessoas amam o que fazemos”, obviamente, senão a produção não os elegeria para esta festa.

Joyous Celebration vai dividir o palco do Estádio Nacional de Zimpeto, com um vasto leque de músicos moçambicanos que exploram o gospel, ritmo que por sinal não é alvo de muitos espectáculos. Bem pensado!


 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-09-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa414