O País Online - A verdade como notícia

Domingo
24 de Setembro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Cultura Cultura Isabel Novella “anoite’se” com Thapelo na Fundação Leite Couto

Isabel Novella “anoite’se” com Thapelo na Fundação Leite Couto

Espectáculo acústico que conta com Chagas Levene marcado para as 18h30

A noite desta Sexta-feira, na Fundação Fernando Leite Couto, em Maputo, será diferente de outras. Aliás, sempre que há presença de Isabel Novella, onde quer que seja, sugere-se um “perfume sonoro” com um bom odor.

Desta vez, não vai deixar de ser um momento que sabe à jazz, soul ou world music, mas também será preenchido por outras sonoridades: os sons de poesia e artes plásticas.

Este sarau cultural denominado “Anoite’ser” cruza a voz e “loop station de Isabel Novella com a voz e teclado de Thapelo Mothsegwe.

O espectáculo acústico marcado para as 18h30 junta também Chagas Levene naquilo que a organização apelidou de “jazzpoetry”

Mas não só, a sessão será acompanhada de um “bate-papo” com os artistas e pintura ao vivo com os artistas-plásticos de renome: Vasco Manhiça, Gemuce e Ginho Sibia. Propõ-se um sarau que promete um convívio único, num ambiente intimista, espontâneo e, claramente, artístico.

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-09-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa414