O País Online - A verdade como notícia

Quarta-feira
18 de Outubro
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Cultura Cultura Primeira temporada de Música Clássica dedicada à voz artística e à música moçambicana

Primeira temporada de Música Clássica dedicada à voz artística e à música moçambicana

Primeira série da temporada de Música Clássica marcada para 9 a 14 de Maio

A cidade de Maputo acolhe mais uma vez a Temporada de Música Clássica, referente ao ano de 2017. O início deste encontro musical será vivenciado na primeira série da temporada marcada para 9 a 14 de Maio, com abertura oficial no Centro Cultural Universitário.

Após a abertura, será feito o habitual “Concerto de Gala” no dia 10 de Maio, que terá lugar no Salão Nobre do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, está ainda programado um “Concerto privado” no recém-inaugurado auditório do BCI, as duas “Noites clássicas” no Teatro Avenida e por fim a “Tarde para pais e filhos” no Montebelo Indy Maputo Congress Hotel.

A Associação Kulungwana, em parceria com o Conselho Municipal de Maputo, dedica a abertura desta temporada aos citadinos de Maputo. Esta acção resulta da parceria entre os dois órgãos, e que se insere nas celebrações dos 130 anos da cidade.

No concerto de abertura da temporada, vão subir ao palco vários coros vindos de instituições que se inserem nas várias comunidades de Maputo que colaboram com o coro Xiquitsi. Esta é parte da filosofia do projecto que consiste em descentralizar a música para as diferentes comunidades, garantindo o acesso à cultura a todas as classes.

Um dos momentos mais altos desta temporada, que sem dúvidas ficará marcada nas páginas da história da música erudita, será a estreia da missa do jovem compositor moçambicano Estevão Chissano, aluno do Xiquitsi.

Na sua vertente pedagógica, e já no seu 5º ano de existência, o Projecto Xiquitsi inova com a abertura de duas classes de instrumento: Piano e Oboé, este último pela primeira vez ensinado em Moçambique e que se junta às classes de violino, viola, violoncelo, contrabaixo, clarinete e coro.

Esta temporada é eminentemente dedicada à voz artística e à música moçambicana, tendo em conta que esta é a raiz que fortifica o Xiquitsi unindo as suas habilidades com vozes oriundas de outros lugares do planeta, partilhando o brilho da linguagem universal da Música e colocando a indústria musical de Moçambique no epicentro internacional.

Todos concertos desta temporada de Maio terão o seu início às 19h30, excepto o concerto dedicado aos Pais e filhos que terá lugar a partir das 16h00.


 

 

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -17-10-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa419