O País Online - A verdade como notícia

Segunda-feira
29 de Maio
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Cultura Cultura Liloca regressa aos palcos com a celebração do Dia da Criança

Liloca regressa aos palcos com a celebração do Dia da Criança

Cantora actua no Festicval Bawito e a Pequenada

Depois de uma curta paragem para se dedicar à maternidade, a cantora Liloca volta aos palcos brevemente. Tendo-se afastado dos palcos para dar atenção à sua filha Princess Dior, a cantora vai fazer o seu primeiro espectáculo no Festival Bawito e a Pequenada, alusivo a 1 de Junho, Dia Internacional da Criança.

Na verdade, esta sua aparição é um presente para todas as crianças moçambicanas, pois a cantora promete festejar e divertir-se com a pequenada.

A cantora diz que escolheu a sua primeira aparição num festival de crianças para mostrar a sua sensibilidade e amor pelas flores que nunca murcham. “Fui mãe recentemente e estou ainda conectada com o sentido de maternidade. Este show vai transcender do amor que tenho pela minha filha ao carinho que nutro pelas crianças.”

A cantora é convidada de um festival que tem como cabeça de Cartaz o músico Mr. Bow, mas que também vai juntar outras figuras da música moçambicana, como Lourena Nhate, Afro Madjaha, Mabermuda, Mc Roger, Bander, Kuka, Castelo Bravo e 4 Moz.

“Mais do que regressar aos palcos, para mim será um momento de celebração e de reavivamento do meu amor pelas crianças. É um convite irrecusável e uma forma muito boa de reiniciar a minha carreira artística, depois da breve paragem. Estou pronta para cantar e brincar. Neste dia vou libertar o meu sentido de criança que acredito que todos adultos tem escondido em si, vai ser bom”. Garante Liloca.

E porque é festa de crianças, não vai faltar pula pulas, escorregas, personagens infantis, palhaços e outras brincadeiras que o músico Mr. Bow preparou para a pequenada.

O Festival Bawito e a pequenada está agendado para sábado, dia 3 de Junho, com início marcado para às 10h, no Estádio Nacional do Zimpeto.

Importa referenciar que esta é a terceira edição do Festival Bawito e a Pequenada. A primeira foi em 2015, na Matola. A segunda foi na cidade da Beira, em 2016. Este ano chegou a vez da cidade de Maputo.

 

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -29-05-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa 398