O País Online - A verdade como notícia

Segunda-feira
26 de Junho
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Cultura Cultura Adelino Timóteo conversa sobre “leitura e escrita” no CCBM

Adelino Timóteo conversa sobre “leitura e escrita” no CCBM

Autor vai lançar "Os oito maridos de Dona Luíza Michaela da Cruz” próxima quarta-feira 

O poeta e romancista Adelino Timóteo está em Maputo, e fará parte da Mesa Literária do Movimento Literário Kuphaluxa.

Ao encontro desta quarta-feira, com outros autores, Timóteo leva o livro mais recente: "Os oito maridos de Dona Luíza Michaela da Cruz”, pretexto para uma conversa aberta, da qual resultará a presentação da obra publicada sob a chancela da Alcance Editores.

O interesse de Adelino Timóteo em participar na sessão marcada para 17h, no Centro Cultural Brasil-Moçambique, tem que ver com o facto de a capital possuir muitos leitores. Além disso, o escritor sente-se atraído pela ideia de poder proceder ao lançamento do seu último romance em Maputo por via de uma conversa, depois de ter sido lançado em Portugal e na Beira. “Isto cria um clima e ambiente propício para o calor humano, o calor entre o autor e os seus leitores, sabido que a última vez que cá estive para lançar um livro foi em Novembro de 2015", lembrou o escritor.

Porque Adelino Timóteo tem uma imensa bibliografia, no dia da conversa estarão disponíveis outros títulos seus, como "Corpo de Cleópatra”.

A conversa com Adelino Timóteo estará subordinada ao tema ”Leitura e Escrita: o que fazer com a vontade de expressar os sentimentos”. De acordo com a organização, esta é uma “forma de iniciar um diálogo com jovens escritores e entusiastas sobre os processos de criação literária, as dificuldades, os medos e os principais desafios para compor uma obra literária. Mas também, trata-se de um tema transversal para leitores que poderão compreender o que se passa por dentro da obra e do criador da obra, tornando-se assim leitores competentes”.

Portanto, a Mesa do Movimento Literário Kuphaluxa é um espaço sustentado por troca de leituras entre escritores e amantes das letras, conta com a parceria do Centro Cultural Brasil-Moçambique e desafia-se a promover mais de vinte sessões com escritores de diferentes proveniências.

 

 

"Moçambique tem tudo para ser uma potência de África e do mundo.

Tem riqueza que chega para todos. Falta é de inteligências."

 

Adelino Timóteo


publicidade

Edição Impressa e O Tempo

 Edição  O Tempo

 Edição Impressa -22-06-2017

Impressa

 

Maputo

 

Inhambane

 Beira
 

Nampula

 
 

Edição Impressa402